Ouvindo...

Times

2024 tem abril mais quente da história

As temperaturas do nível da superfície do mar também registraram níveis recordes nos últimos 13 meses

O mês de abril de 2024 foi o mais quente já registrado, além de ter sido o 11° mês consecutivo com temperaturas globais recordes. O último mês ficou 0,14°C acima da última temperatura máxima, registrada em abril de 2016. De acordo com a Organização Meteorológica Mundial (OMM), as temperaturas do nível da superfície do mar registraram níveis recordes nos últimos 13 meses.

A duração extraordinária dessas condições é alimentada pelo El Niño, fenômeno natural que promove o aquecimento das águas do Oceano Pacífico, e pela energia adicional retida na atmosfera e nos oceanos, causada pelos gases de efeito estufa gerados pelas atividades humanas.

Leia também

O fenômeno já vem enfraquecendo e caminha rumo a condições neutras, mas as temperaturas do ar marinho, em geral, permanecem em um nível muito elevado.

Com os recordes de temperaturas, vieram os eventos climáticos extremos, como as chuvas persistentes no Sul do Brasil e na África Oriental. O Afeganistão também foi palco de cheias fatais em maio, que mataram pelo menos 300 pessoas e causaram destruição generalizada. Além disso, foi registrado calor intenso em partes da Ásia, seca no sul da África e chuvas extremas na Península Arábica.

As condições climáticas foram mais úmidas do que a média no centro, no leste e no sul da América do Norte, na Ásia Central, nos Países do Golfo Pérsico, no extremo leste da Ásia, no leste da Austrália e no sul do Brasil. A extensão da cobertura de neve no Hemisfério Norte em abril foi a menor já registrada.


Participe dos canais da Itatiaia:

Paula Arantes é estudante de jornalismo e estagiária do jornalismo digital da Itatiaia.
Leia mais