Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Contra-ataque de Israel pode causar escalada sem precedentes na região, diz especialista

Israel anunciou que irá responder o ataque promovido pelo Irã, na noite de sábado (13); professor de Relações Internacionais explica que decisão não é apoiada pelos Estados Unidos

O Gabinete de Guerra de Israel anunciou, nesta segunda-feira (15), que irá responder o ataque promovido pelo Irã, na noite do último sábado (13). Na ocasião, o exército iraniano lançou mais de 200 drones com o objetivo de atingir alvos israelenses. Segundo o Israel, a maior parte foi interceptada e não atingiu o país.

No Jornal da Itatiaia 1ª edição, o professor de Relações Internacionais da PUC Minas e da Academia da Polícia Militar, Danny Zahreddine, explicou por que a decisão de Israel em contra-atacar o Irã não é apoiada pelos Estados Unidos e outros países da região. “Uma resposta israelense agora poderia levar a região toda a uma escalada sem precedentes”, afirma Zahreddine.

Na entrevista, o professor também explicou a relação do ataque iraniano com o conflito entre Israel e o Hamas.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais