Ouvindo...

Times

Conselho de Segurança da ONU se reunirá no domingo por ataque do Irã a Israel; veja o que pode acontecer

Veja o que o Conselho de Segurança da ONU pode decidir a partir do pedido de Israel

O Conselho de Segurança da ONU vai se reunir em caráter de urgência neste domingo, a pedido de Israel, um dia depois de o Irã disparar mais de 200 drones e mísseis contra o território israelense em resposta a um ataque a seu consulado na Síria, anunciou a presidência do órgão.

“Prevemos organizar a reunião amanhã às 16h” locais (17h de Brasília), informou à imprensa, neste sábado (13), um porta-voz da missão diplomática maltesa, que ocupa a presidência rotativa do Conselho durante o mês de abril.

Leia também

Em carta enviada a esta instância, o embaixador israelense na ONU, Gilad Erdan, pediu uma reunião “imediata para condenar de forma inequívoca o Irã por esta grave violação” e pediu ao Conselho “que aja para designar como organização terrorista” a Guarda Revolucionária, exército ideológico iraniano.

"É hora de o Conselho de Segurança tomar medidas concretas contra a ameaça iraniana”, acrescentou, expressando “indignação” por um ataque de magnitude “sem precedentes”, que representa “uma escalada grave e perigosa”.

Na noite deste sábado, o Irã disparou mais de 200 drones e mísseis contra Israel em resposta a um suposto ataque israelense contra seu consulado na capital da Síria, a primeira ofensiva direta realizada pela República Islâmica contra seu inimigo declarado.

O bombardeio de 1º de abril destruiu o consulado iraniano em Damasco e matou dois altos oficiais da Guarda Revolucionária.

O Irã responsabilizou Israel pelo ataque à sede diplomática, mas Israel não confirmou, nem desmentiu.


Participe dos canais da Itatiaia:

AFP
Agence France-Presse é uma agência de notícias francesa, a AFP cobre a atualidade mundial com uma qualidade única de produção multimídia em vídeos, textos, fotos e infográficos em seis línguas.
Leia mais