Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Uber é condenada a pagar R$896 milhões a taxistas por perda de renda na Austrália

Segundo a Rádio França Internacional (RFI), mais de 8 mil taxistas entraram com ação contra a plataforma devido à perda de receitas desde a chegada da Uber no país, em 2012

A Uber foi condenada a pagar indenização de 271,8 milhões de dólares autralianos (R$896,94 milhões, na cotação atual) para taxistas por perda de receitas desde a chegada do aplicativo à Austrália. A informação foi revelada pelos advogados do caso nesta segunda-feira (18).

Segundo a Rádio França Internacional (RFI), mais de 8 mil taxistas entraram com ação contra a plataforma devido à perda de receitas desde a chegada da Uber na Austrália, em 2012.

Leia também

A defesa dos taxistas afirma que a Uber se envolveu em uma série de condutas irregulares quando chegou ao país, como o uso de carros sem licença e motoristas não credenciados.

Um dos requerentes da ação afirmou que foi obrigado a fechar o negócio de táxis após 40 anos de existência devido à chegada da Uber. “Perdi a paixão pelo trabalho e perdi a renda que permitia alimentar a minha família”, disse.

Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formada pela PUC Minas. Mineira, apaixonada por esportes, música e entretenimento. Antes da Itatiaia, passou pelo portal R7, da Record.
Leia mais