Ouvindo...

Times

Conheça e entenda a importância do preparador Alê Marinho para o Gerdau Minas

Elogiado, profissional ‘vai além’ do próprio papel e é parte fundamental da equipe que disputará final da Superliga

Quem acompanha com atenção aos jogos do Gerdau Minas percebe a participação intensa de um personagem da Comissão Técnica da equipe. Alê Marinho é preparador físico, mas durante as partidas se transforma praticamente num ‘faz-tudo’ na quadra. O profissional é tido como parte fundamental do grupo.

A expressão sisuda e as caras e bocas durante o jogo, contrastam com a opinião das atletas sobre o profissional. Alê sempre busca estar atento aos detalhes para auxiliar as jogadoras da melhor forma.

"É um excelente profissional. Ao mesmo tempo sabe fazer isso com carinho com todas nós. É muito legal porque numa semana mais tensa, de muito treino, muito foco, ele quebra essa carga de pressão. É muito gostoso estar com ele, sigo a risca o que ele manda fazer porque sei que dá certo. Ele tem que estar no grupo, é necessário, não só a parte profissional, mas também pessoal”, disse a central Thaísa.

A excelência na preparação física é vista em quadra. Kisy, oposta, passou por alguns problemas físicos no início da temporada. Ao longo das disputas, se recuperou e é uma das armas na reta final da temporada.

“Eu acredito que mais importante que dar a ficha para gente é fazer a gente entender e entender nosso lado. Ele é esse cara super parceiro que a gente confia e fala ‘Alê, hoje estou sentindo tal dor’. Isso ajuda muito, é um cara que a gente pode confiar, é um trabalho excelente, todas as meninas chegam bem preparadas, eu amo ele de paixão, sou até suspeita para falar”, disse.

Thaísa reforçou a importância da presença do preparador físico no dia a dia do clube. O aspecto profissional é ajustado com o cuidado com o lado humano.

“Ele ouve muito, entende muito o que acontece com a gente. Não é só aquele cara que chega e passa o que tem que fazer. Ele entende o que estamos passando. Ele está sempre muito preocupado com todas as situações, ele se ajusta a gente e adapta treinamentos”, revelou a atleta.

O profissional explica a forma de trabalho, reconhecida e comentada pelas jogadoras. A proximidade com as meninas ocorre justamente pelo grande período de tempo juntos.

“O meu ofício principal é a preparação física, mas é muito protocolar. A questão humana, de aproximação eu considero fundamental. Eu tento proporcionar a elas (atletas) a melhor estrutura possível, dentro da preparação física, até para poder exigir também. Acaba criando essa relação de confiança e de carinho. A gente o tempo inteiro próximos, juntos, passando energia a elas. Acho muito importante”, disse Alê.

Leia também

Nos jogos

Especialmente em dias de jogo, é possível ver o envolvimento de Alê com o grupo de atletas e da própria comissão técnica. O preparador físico é um dos que mais vibra e orienta atletas ao longo das partidas.

Alê está na oitava temporada como preparador do Gerdau Minas. Contratado depois de um processo seletivo, ele afirma que começou o trabalho sob desconfiança, mas que a situação logo foi superada com o desenvolver do trabalho no clube.

Além da plena confiança das jogadoras, é muito próximo também ao técnico Nicola Negro. Os dois compartilham o perfeccionismo em detalhes do processo de preparação para as partidas.

“A gente tem essa sintonia muito grande. Tudo que ele faz, eu brinco que ele está um passo à frente porque é o treinador, mas estou sempre ali atrás, de mãos dada, buscando ajudar. Eu acho que é uma dupla que tem dado muito certo, principalmente pela interação e pela confiança de um no outro”, revelou.

Minas e Praia decidirão o título da Superliga

Finalistas, Minas e Praia Clube decidirão o título da Superliga Feminina no domingo (21), às 10h (de Brasília), no Geraldão, em Recife. Será a quinta vez seguida que os arquirrivais se enfrentarão na decisão da liga nacional.

Em finais, o Minas já conquistou três títulos sobre o Praia Clube, enquanto o time de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, ficou com a taça no ano passado.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Leonardo Parrela é repórter multimídia na área de esportes na Itatiaia. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, colaborou com Globo Esporte, UOL Esporte e Hoje Em Dia, onde cobriu Copa do Mundo, Olimpíada e grandes eventos.
João Vitor Cirilo é âncora e repórter. Jornalista na Itatiaia desde 2019, apresenta o Rádio Esportes e ancora as Jornadas Esportivas. Cobre futebol e também o esporte olímpico, no podcast Todo Esporte.