Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Denilson cai no choro ao falar sobre ídolo do Cruzeiro

Denilson se emocionou ao assistir relato e dedicatórias de familiares de Alex, ex-meia-armador de Cruzeiro e Palmeiras

Campeão mundial pela Seleção em 2002, Denilson se emocionou ao entrevistar o ex-meia Alex nesta segunda-feira (15). O ex-atacante foi às lágrimas no fim do podcast, no momento em que os familiares do convidado tiveram espaço para mandar uma mensagem de carinho. A esposa e os três filhos agradeceram e demonstraram seu amor pelo ídolo do Cruzeiro.

“Nessa parte do programa, eu me emociono, porque a gente vive em uma bolha, que é o futebol, por muitos anos. Viaja, faz coisas, sofre, aguenta pressão, críticas, elogios… por vezes, você se deixa levar, por outras, não. No final, são eles que vão aguentar um mau humor nosso. Eu não tive o privilégio que você teve, de ter os filhos me ver jogar”, disse Denilson, emocionado.

“Eu fiz até uma tatuagem no braço entrando com meus filhos no campo. Era um sonho que eu tinha, mas minha carreira foi abreviada por conta de uma lesão. Tive que adiar esse sonho. Uma vez, fui homenageado em um programa de TV ouvindo minha esposa e meus filhos falando de mim. Aquilo me fez bem. Por isso, colocamos essa homenagem”, finalizou.

Denilson e Alex chegaram a jogar juntos por clubes em apenas uma oportunidade, em 2000, quando estiveram no Flamengo. A passagem, porém, não foi de muito sucesso. Em contrapartida, pela Seleção, os dois chegaram a atuar lado a lado em amistosos e partidas válidas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista pela PUC Minas, Pedro Leite é repórter de esportes da Itatiaia. Tem experiência na cobertura diária de portais, redes sociais e jornal impresso. Apaixonado por futebol, já passou pelo Superesportes.
Leia mais