Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Torcedor provoca Djokovic no Australian Open: ‘Vá se vacinar’

Sérvio adotou postura antivacina durante pandemia e perdeu torneios pela decisão

Na reta final da partida contra o argentino Tomás Martín Etcheverry, nesta sexta-feira (19) vencida por 3 a 0 (6/3, 6/3 e 7/6), Djokovic foi provocado por um torcedor. Antes do match point, um dos presentes na Rod Laver Arena, principal palco do Australian Open, gritou “vá se vacinar” para o sérvio.

O campeão de 24 Grand Slams e número 1 do mundo se tornou um representante do movimento antivacina durante a pandemia de Covic-19. Ele chegou a perder torneios e não disputou o Grand Slam da Austrália em 2022, justamente por não se vacinar.

Leia também

A relação de Djokovic com o público australiano também já foi delicada em outros momentos. A vitória sobre Tomás Martín Etcheverry foi a melhor atuação dele nesta edição do Australian Open. Agora, enfrenta o francês Mannarino nas oitavas de final do torneio.

Após os primeiros jogos, o sérvio disse que estava se sentindo mal. Na entrevista coletiva, ele foi perguntado se havia feito o teste para Covid, já que não é vacinado.

“Não, não fiz teste de Covid. Pelo que tive foi uma espécie de infecção viral normal. Já está em fase final. Por isso ainda tenho alguma secreção nasal. Isso é tudo”, disse.

Djokovic vai em busca do 11º título no Australian Open. Ao todo, ele tem 24 títulos de Grand Slam.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Hugo Lobão é repórter multimídia do portal Itatiaia Esporte. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, passou por Hoje Em Dia, Record e Globo Esporte. Amante de esportes olímpicos.
Leia mais