Ouvindo...

Times

Atleta de 18 anos morre semanas antes da participação na Olimpíada de Paris 2024

Jackson James Rice seria um dos representantes de Tonga nos Jogos Olímpicos e iria competir no kitesurf

Um atleta de Tonga morreu nesse sábado (15) enquanto praticava mergulho livre no país, segundo informações da imprensa local. Jackson James Rice tinha 18 anos e iria competir no kitesurf dos Jogos Olímpicos de Paris 2024, que acontecem entre 26 de julho e 11 de agosto.

Leia também

JJ, como era conhecido, seria o primeiro atleta caucasiano a representar Tonga na Olimpíada. O corpo dele foi encontrado debaixo de um barco no começo da tarde. Pessoas tentaram reanimá-lo, mas sem sucesso.

Lily Rice, irmã de JJ, fez uma publicação nas redes sociais destacando que o irmão era “a pessoa mais incrível e engraçada” que conhecia. Ela tinha convicção de que ele saria das Olimpíadas com uma medalha e um “sorriso ainda maior”.

“Fui abençoada com o irmão mais incrível do mundo e me dói dizer que ele faleceu”, publicou Lily. “Não sei nem o que dizer, não sei o que fazer, nem o que pensar. Sinto uma falta inacreditável de JJ, estou em choque, ainda não consigo acreditar e levará muito tempo para todos nós que amamos JJ nos sentirmos bem novamente”.

O atleta nasceu nos Estados Unidos e tem pais britânicos, que são proprietários de uma pousada em Ha’apai, um conjunto de ilhas em Tonga. JJ era praticante de kitesurf desde a infância e vinha treinando na Itália para a Olimpíada.

“Ele era tão talentoso e incrível em tudo que tentava, era um kitesurfista incrível”, completou a irmã. “Vou tentar o meu melhor para usar o que ele me ensinou para ser um pouquinho tão incrível quanto ele.”


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista formado na PUC Minas. Experiência com reportagens, apresentação e edição de texto em televisão, rádio e web. Vivência em editorias de Cidades e Esportes.
Leia mais