Ouvindo...

Times

Newgarden supera O’Ward na última volta e vence novamente as 500 Milhas de Indianapolis

Newgarden ultrapassou o mexicano Pato O’Ward, que liderou boa parte da corrida, na última volta e cruzou na frente pelo segundo ano consecutivo

O piloto americano Josef Newgarden se sagrou bicampeão das 500 Milhas de Indianapolis, neste domingo, com um triunfo emocionante nas últimas curvas do traçado oval da principal prova da Fórmula Indy. Ele ultrapassou o mexicano Pato O’Ward, que liderou boa parte da corrida, na última volta e cruzou na frente pelo segundo ano consecutivo.

O piloto da Penske se tornou, assim, o sexto piloto da história a vencer a prova por duas temporadas seguidas. Isso não acontecia desde que o brasileiro Hélio Castroneves faturou duas vezes a corrida, em 2001 e 2002. O resultado marcou ainda a 20ª vitória da equipe de Roger Penske nas 500 Milhas.

Como de costume, a prova foi marcada por bandeiras amarelas, relargadas e, desta vez, por um atraso de quatro horas. Por causa do mau tempo, a largada aconteceu somente às 17h44, pelo horário de Brasília. A corrida contou com dois brasileiros. Pietro Fittipaldi não conseguiu completar a prova e Castroneves terminou em 20º.

Pietro deixou a corrida logo na primeira volta ao ser atingido após Tom Blomqvist rodar sozinho na pista, carregando diversos pilotos. Castroneves, por sua vez, chegou a flertar com o primeiro bloco de pilotos, mas não conseguiu sustentar o ritmo após fazer uma parada ruim nos boxes.

A disputa pela vitória, na parte final da prova, se restringiu a quatro pilotos: Newgarden, O’Ward, Alexander Rossi e Scott Dixon O’Ward liderava, cada vez mais perto da vitória, quando foi superado pelo piloto americano na última curva do traçado, numa disputa emocionante, decidida nos metros finais da prova.

Após cruzar a linha de chegada na frente dos rivais, Newgarden estacionou no meio da pista, saiu do carro e foi até a arquibancada para celebrar a vitória. “Eu amo esse público. É preciso sempre ir até o pessoal na arquibancada quando se vence aqui. Sempre farei isso”, comemorou o americano.

O triunfo e a alegria do piloto contrastam com momento negativo que viveu no mês passado, na Fórmula Indy. Ele foi desclassificado e perdeu sua vitória na etapa de abertura do campeonato em março porque os comissários descobriram que a equipe Penske estava usando um software ilegal em seus carros. O dispositivo aumentava a capacidade dos monopostos para ajudar nas ultrapassagens.

A descoberta da manipulação aconteceu seis semanas após a prova. Roger Penske, dono da equipe, suspendeu quatro membros da equipe, incluindo o presidente Tim Cindric, o que afetou diretamente o rendimento de Newgarden nas corridas seguintes porque o dirigente é famoso por ser um grande estrategista na Indy.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Portal de esportes da Itatiaia
Leia mais