Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Nadador reage após perder título nos Estados Unidos por comemoração irregular

Owen Lloyd, de North Carolina State, perdeu a conquista dos 1500m livre

O nadador Owen Lloyd, atleta universitário de North Carolina State, ganhou a prova dos 1500 metros livre num torneio organizado pela National Collegiate Athletic Association (NCAA). No entanto, após uma comemoração irregular, o estadunidense foi desclassificado da prova e perdeu a medalha de ouro.

A desclassificação ocorreu por uma comemoração irregular. Lloyd, com a prova ainda em andamento, sobe na raia e cai ao lado do segundo colocado, Ross Dant, que já havia finalizado a prova. O nadador publicou um post no Instagram criticando a decisão.

“Não pare de comemorar. Aceite suas emoções e as deixe fluir. Esporte é lindo. O trabalho duro, a dedicação e o comprometimento em uma partida, jogo ou corrida é suprimido. Natação não é diferente e ainda é um dos únicos esportes onde, por vezes, somos instruídos a não demonstrar nada. Se queremos que o esporte signifique tanto para nós, precisamos expandir os limites colocados e não inibir esses sentimentos. Deixe a natação ser divertida”, dizia o texto.

Leia também

A desclassificação

Após comemorar na água e com o próprio Dant, que é atleta da mesma universidade, Lloyd percebe a desclassificação ao olhar para o telão do ginásio. O atleta não participou da premiação do evento.

A regra afirma que “qualquer competidor que interfira com outro nadador durante uma corrida será desqualificado dessa corrida, sujeito ao critério do árbitro”. Após a prova, Dant criticou a decisão dos árbitros.

“Nós batalhamos o ano todo para chegar e performar bem nas provas. Uma desqualificação como essa é uma das coisas mais burras que pode existir”, disse Dant após a prova.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Leonardo Parrela é repórter multimídia na área de esportes na Itatiaia. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, colaborou com Globo Esporte, UOL Esporte e Hoje Em Dia, onde cobriu Copa do Mundo, Olimpíada e grandes eventos.
Leia mais