Ouvindo...

Times

Após atraso por assalto no aeroporto, Vasco volta ao Rio sob protesto da torcida

Delegação do Cruzmaltino precisou aguardar liberação do aeroporto de Caxias do Sul após tiroteio e tentativa de assalto a carro-forte

Após horas de espera em Caxias do Sul, que teve o aeroporto interditado por conta da tentativa de assalto a um carro-forte, a delegação do Vasco desembarcou no Rio de Janeiro, na tarde desta quinta (20), sob protesto da torcida. O time perdeu para o Juventude por 2 a 0, no Alfredo Jaconi, e segue ameaçado pela zona de rebaixamento do Brasileirão.

Um grupo de torcedores aguardou a chegada do Vasco no Aeroporto do Galeão, mas o clube deixou o local por uma saída alternativa, sem ter contato com os torcedores, que xingaram de longe.

A programação era do Vasco retornar ao Rio de Janeiro, em voo fretado, logo após o jogo, mas um assalto a um carro-forte e tiroteio interditou o Aeroporto Hugo Cantergiani. Veja as imagens.

A terceira derrota em quatro jogos resultará na demissão de Álvaro Pacheco, técnico contratado há um mês, quando a SAF do Vasco ainda estava sob gestão da 777 Partners.

Leia também

Pedrinho, presidente do clube associativo e que assumiu o futebol graças a decisão judicial, comunicará a decisão ao treinador português ainda nesta quinta-feira (20).

Com sete derrotas, duas vitórias e um empate, o Cruzmaltino soma sete pontos após 10 rodadas do Brasileirão. O time pode entrar no Z4 caso o Vitória vença o Atlético nesta noite. Veja mais!


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais