Ouvindo...

Times

Técnico afirma que Vasco merecia vencer o Cruzeiro: ‘Frustração grande’

Álvaro Pacheco vê domínio do Cruzmaltino na segunda etapa, em São Januário, neste domingo (16)

Após o empate do Vasco em 0 a 0 com o Cruzeiro, neste domingo (16), o técnico Álvaro Pacheco afirmou que o seu time merecia vencer a partida em São Januário, pela nona rodada do Brasileirão. Na visão do português, o Cruzmaltino dominou completamente o adversário na segunda etapa.

“Aquilo que sinto como sendo o grupo, uma frustração muito grande. Mereciam os três pontos porque foram a melhor equipe em campo. Penso que estamos tristes, senti uma frustração muito grande por não ter conquistado a vitória que merecia. O primeiro tempo foi equilibrado, mas o segundo foi completamente dominado pelo Vasco. Foi capaz de controlar o jogo. Estou feliz pela exibição, mas triste pelo resultado”, afirmou o treinador.

Leia também

Foi a terceira partida sob o comando de Álvaro Pacheco e o primeiro ponto somado pelo Cruzmaltino com o treinador. Com sete pontos, o Vasco segue ameaçado pela zona de rebaixamento.

Após as derrotas para Flamengo e Palmeias, de todo modo, Álvaro Pacheco destaca que o time está em evolução neste período, no qual está testando formações táticas.

“Sem dúvida concordo contigo de que a equipe vem crescendo. Em função da evolução, vamos entendendo onde se sentem mais confortáveis. O Vasco às vezes joga com linha de cinco e principalmente de defender mais a largura. Conseguiram ter uma coragem muito melhor do que contra o Palmeiras. Jogamos no 4-3-3, muitas das vezes no 4-4-2', avaliou.

Diferente do que aconteceu nas primeiras partidas com Álvaro Pacheco, o Vasco não entrou em campo neste domingo (16) com três zagueiros, sendo uma das mudanças do treinador.

O Cruzmaltino volta a campo na quarta-feira (19), quando enfrenta o Juventude pela 10 rodada do Campeonato Brasileiro. A partida será no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, às 20h (de Brasília).


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais