Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Técnico do São Paulo defende ex-Cruzeiro e diz que tenta ‘resgatar o ser humano’

Thiago Carpini analisa momento do atacante Nikão neste começo de temporada

Presente em seis dos nove jogos do São Paulo na temporada, o atacante Nikão guarda prestígio com o técnico Thiago Carpini. Mas, a torcida do Tricolor Paulista já deu sinais de que segue o caminho oposto.

No empate em 2 a 2 com o Bragantino, no último sábado (17), pela nona rodada do Campeonato Paulista, os tricolores que foram ao Morumbis chegaram a vaiar Nikão, quando o jogador foi substituído por Erick, aos treze minutos do segundo tempo.

Nesse cenário de tensão, o comandante são-paulino saiu em defesa do ex-jogador do Cruzeiro e, sem dar detalhes, afirmou que está tentando resgatar não apenas o atleta, mas também o ser o humano.

“Se a gente for ouvir tudo que a gente escuta e lê sobre opiniões contrárias... Por mais que eu não concorde, o mínimo que tenho que fazer é respeitar. Não sou dono da verdade, mas tenho minhas convicções”, disse Carpini.

“O Nikão é funcionário do São Paulo e estamos tentando resgatar não só o atleta, mas o ser humano. As pessoas não têm obrigação de saber disso, mas estamos nos sensibilizando com outras coisas. Estamos tentando trazer de volta. A gente entende a chateação do torcedor, mas vamos continuar dando carinho, atenção”, acrescentou.

Nikão está na segunda passagem pelo São Paulo. Ele chegou ao clube em 2022, quando fez 32 jogos e marcou quatro gols. Na temporada seguinte, foi emprestado ao Cruzeiro. Atuou em 31 partidas, balançando as redes em quatro ocasiões.

Na atual temporada, foi mantido no São Paulo a pedido de Thiago Carpini e ainda não balançou as redes nos seis confrontos que entrou em campo, sendo três deles como titular.

Brenno Costa é jornalista multimídia formado pela Universidade Católica de Pernambuco e pós-graduado em comunicação e marketing pela Estácio. Atualmente, é correspondente da Itatiaia em São Paulo. Antes, trabalhou na Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco/Superesportes e no Globo Esporte.
Leia mais