Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Carille contesta arbitragem em primeiro gol do Palmeiras sobre o Santos

Treinador do Peixe questionou ausência do VAR para intervir no lance que rendeu gol palestrino

Vice-campeão do Campeonato Paulista, o técnico Fábio Carille ficou na bronca com a arbitragem da grande final. O Peixe acabou derrotado pelo Palmeiras por 2 a 0 e perdeu a vantagem de um gol construída no jogo de ida, na Vila Belmiro.

Carille questionou a inatividade do árbitro de vídeo no lance que resultou no primeiro gol do Palmeiras na partida. A jogada se iniciou com um tiro de meta cobrado por Weverton no qual a bola estaria rolando no momento do lançamento, algo proibido pela regra.

“Vi informações que no primeiro gol a bola estava rolando (no tiro de meta do lance que original o gol). O senhor VAR nunca trabalha, estranho isso, deixa dúvidas. Apesar de termos dado mole. Repetindo, lição temos todos os dias, todos os treinos. Triste pelo jogo, mas muito feliz pelos meses de trabalho”, disse, em coletiva.

O lance do tiro de meta resultou na penalidade de João Paulo sobre Endrick. Na cobrança, Raphael Veiga bateu no meio do gol e abriu a vantagem da equipe palmeirense.

O próximo compromisso do Santos será na estreia na Série B. A partida está marcada para daqui a duas semanas, contra o Paysandu, na Vila Belmiro.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Responsável por acompanhar o dia a dia de Corinthians e Santos pela Itatiaia Esporte. Passagem também como repórter do portal Meu Timão
Leia mais