Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Time japonês aciona Fábio Carille, do Santos, na Fifa após rescisão contratual

Decisão foi anunciada nesta quinta-feira (15) por meio de nota oficial

O V-Varen Nagasaki, do Japão, anunciou a rescisão contratual com Fábio Carille e a comissão técnica, que hoje treina o Santos, nesta quinta-feira (15). O clube japonês, por meio de nota oficial, informou que acionará com uma ação judicial junto à Fifa. Segundo os japoneses, o pedido envolve penalidades e cobranças devido ao cancelamento de contratos.

“V. Varen Nagasaki entrou com uma ação judicial junto à Federação Internacional de Associações de Futebol (FIFA) no dia 15 de fevereiro (quinta-feira) referente a pedidos de penalidades e outras cobranças devido ao cancelamento de contratos do técnico Fabio Carille e dos técnicos Leandro, Dennis e Cesar”, diz parte do comunicado.

A disputa envolve o pagamento de uma multa na casa dos R$ 7 milhões pelo contrato até dezembro de 2024. Na visão do V-Varen, a multa tinha que ser paga. No entendimento do clube brasileiro, o contrato previa saída sem custos.

Leia também

Fábio Carille foi anunciado como técnico do Santos no dia 19 de dezembro. A polêmica contratual envolvendo os dois clubes e a comissão técnica se arrasta, sem solução, desde então.

Em campo, o treinador começou com excelentes números. Nas oito partidas do Campeonato Paulista, são seis vitórias, um empate e apenas uma derrota. A equipe disputará o Paulistão e a Série B em 2024.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Leonardo Parrela é repórter multimídia na área de esportes na Itatiaia. É formado em Jornalismo pela PUC Minas. Antes da Itatiaia, colaborou com Globo Esporte, UOL Esporte e Hoje Em Dia, onde cobriu Copa do Mundo, Olimpíada e grandes eventos.
Leia mais