Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Clubes ingleses podem votar pela extinção do VAR na Premier League; entenda

Segundo o jornal The Athletic, reunião entre os 20 clubes deve selar proposta que será votada pela liga

Os 20 clubes que disputam a Premier League devem votar, no próximo mês, uma proposta que discutirá a eliminação, ou não, da ferramenta do VAR, a partir da próxima temporada, da Primeira Divisão do Campeonato Inglês. A informação foi inicialmente divulgada pelo jornal inglês The Athletic.

A ferramenta é utilizada no Campeonato Inglês desde a temporada 2019, mas as constantes reclamações sobre erros de arbitragem neste ano fizeram com que os clubes reavaliassem a necessidade da utilização da arbitragem de vídeo.

Leia também

A iniciativa partiu da vontade do Wolverhampton que, em ofício enviado à Premier League, pediu a eliminação do VAR. A competição, então, convocou uma votação extraordinária - com a presença de representantes das 20 equipes, em Harrogate, no dia 6 de junho.

Em comunicado, os Wolves dizem que a decisão favorável à eliminação do VAR ocorreu “após consideração cuidadosa e com o maior respeito pela Premier League, (órgão de arbitragem) PGMOL e nossos colegas competidores (...) Nossa posição é que o preço que pagamos por um pequeno aumento na precisão está em desacordo com o espírito do nosso jogo e, como resultado, devemos removê-lo a partir da temporada 2024/25.”

Em contrapartida, em entrevista ao portal citado acima, um porta-voz da Premier League, diz que apesar da reunião, “a liga apoia totalmente o uso do VAR e continua comprometida, junto com o PGMOL, em fazer melhorias contínuas no sistema para o benefício do jogo e dos torcedores”.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista pela PUC Minas, Filipe Sodré é repórter multimídia no portal Itatiaia Esporte. Antes, passou por LANCE! e Esporte News Mundo. Tem experiência na cobertura esportiva diária, além de vídeos e podcasts.
Jornalista formado na PUC Minas. Experiência com reportagens, apresentação e edição de texto em televisão, rádio e web. Vivência em editorias de Cidades e Esportes.
Leia mais