Ouvindo...

Times

Abel diz que só há uma maneira de novos jogadores do Palmeiras serem vendidos

Treinador afirma que atletas só serão negociados em caso de pagamento de multa rescisória e garante que atletas estão cientes da posição do clube

O técnico Abel Ferreira, do Palmeiras, fez questão de deixar claro que não admite perder mais nenhum jogador na janela de transferências. Depois das saídas do zagueiro Luan e do meia-atacante Luis Guilherme, o comandante, inclusive, diz que já conversou com os atletas para garantir que ninguém mais sairá, a não ser que o clube interessado pague a multa rescisória.

“Vendas estão fechadas. Quem vai entrar, está fechado. E quem liga para jogadores do Palmeiras, esqueçam. Ninguém sai. A não ser que pagam a cláusula, como foi com o Luan. Aí, não posso falar nada”, disse o treinador do Palmeiras.

“Se pagar a cláusula, o jogador pode decidir. Se não, continuamos todos aqui. As portas da Europa estão abertas e temos presidentes e empresários ligando para fazer negócio. Esqueçam! Foi falar abertamente com os jogadores”, acrescentou, em entrevista coletiva após a vitória de 2 a 0 sobre o Vasco pela Série A do Campeonato Brasileiro, na última quinta-feira (13).

Abel diz quais jogadores foram procurados

Abel Ferreira ainda revelou que tem “muitos” clubes da Europa - alguns de Portugal, inclusive - com dirigentes ligando para demonstrar interesse em contratar jogadores do Palmeiras. O treinador chegou a citar quais atletas foram procurados.

“Muitas ofertas. Veio para o Luan, foi vendido. Veio para o Murilo, não podemos deixar sair. Veio para o Veiga, não posso deixar sair. Veio para o Zé Rafael, não posso deixar sair. Veio para o Piquerez, não posso deixar sair.Não posso deixar sair os jogadores. Veio para o Rony, não posso deixar sair. Veio para o Flaco López, não posso deixar sair”, afirmou.

“Metem-se coisas na cabeça dos jogadores. É normal que o vento comece a empurrar. Mas, o capitão tem que dizer para onde é que temos que ir, ajustar as expectativas dos nossos jogadores e fazer aquilo que nós sabemos fazer é jogar futebol”, acrescentou.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Brenno Costa é jornalista multimídia formado pela Universidade Católica de Pernambuco e pós-graduado em comunicação e marketing pela Estácio. Atualmente, é correspondente da Itatiaia em São Paulo. Antes, trabalhou na Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco/Superesportes e no Globo Esporte.
Leia mais