Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Presidente do Inter se manifesta sobre arbitragem do Brasileirão

Dirigente protestou sobre a escala de árbitros para o jogo do Colorado contra o Palmeiras, na próxima quarta-feira (17)

Depois da primeira rodada do Campeonato Brasileiro ter sido bastante polêmica em relação à arbitragem, o presidente do Inter, Alessandro Barcellos, se manifestou nesta segunda-feira (15), sobre os erros em campo. Apesar da estreia colorada com vitória sobre o Bahia, no último sábado, não ter falhas do juiz, o mandatário alertou para o tema.

Em uma publicação feita no X, o dirigente protestou contra a escala de árbitros para o jogo do Inter na 2ª rodada, contra o Palmeiras, na próxima quarta-feira (17), na Arena Barueri.

“Depois de uma primeira rodada cheia de polêmicas de arbitragem (para dizer o mínimo), saiu a escala de árbitros para a segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Algumas coisas chamam a atenção: 1º — O mesmo VAR que foi muito criticado e teve decisões bastante “questionáveis” na primeira rodada no jogo entre Atlético-GO x Flamengo ganha de premiação ser o VAR da nossa partida diante o Palmeiras - dois times comentados como candidatos ao título”, destacou.

Barcellos se refere a Wagner Reway, VAR-FIFA, que comandou a tecnologia na vitória do Flamengo sobre o Atlético-GO, neste domingo (14). A partida teve pelo menos três lances polêmicos, com a expulsão do zagueiro Alix, do Dragão, e dois pênaltis, um para cada equipe. Todas as decisões foram alvo de polêmicas.

Além disso, Barcellos também criticou a escolha do juiz do jogo, que será Lucas Paulo Torezin, do Paraná. De acordo com o presidente, o árbitro fará sua estreia em um jogo da Série A no confronto do Colorado com o Verdão.

Na opinião do mandatário, jogos desta magnitude, com dois candidatos ao título, precisam de uma arbitragem mais experiente.

“2º — O árbitro que comandará nosso jogo fará sua estreia em um jogo de série A do Campeonato Brasileiro. A lógica seria que jogos dessa envergadura, na segunda rodada, tivessem árbitros mais experientes”, destacou.

“Sempre estaremos trabalhando para que tenhamos grandes jogos e que a arbitragem não seja o centro negativo das atenções. Nem gostamos de falar disso. Mas o campeonato teve um início em que este assunto ganhou relevância logo na primeira rodada, indicando a necessidade de atenção e critério maiores”, finalizou o mandatário.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Gaúcha de Porto Alegre, Mauri Dorneles é formada em Jornalismo pela PUC-RS e trabalha como correspondente do portal Itatiaia Esporte no Sul do Brasil. Também cursou Cinema. Antes da Itatiaia, passou por Correio do Povo, Record RS, Rádio Grenal, RBS TV e Band.
Leia mais