Ouvindo...

Times

Fortaleza tricampeão: time supera trauma de atendado e decisões nos pênaltis

Equipe tem início de ano conturbado, mas se supera diante do CRB; CEO destaca força mental para chegar em nova conquista da Copa do Nordeste

O tricampeonato da Copa do Nordeste do Fortaleza, conquistado após vencer o CRB nos pênaltis, neste domingo (9), coroa a superação de um time inteiro que se viu atormentado pelo atentado que feriu vários atletas em fevereiro.

Após disputar um jogo com o Sport pela competição, na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife, a delegação tricolor sofreu um ataque com bombas e pedras. O jogo foi válido pela fase de grupos da Copa do Nordeste.

Além de enfrentar esse trauma fora de campo, o Fortaleza também deixou para trás fantasmas vividos dentro das quatro linhas. A equipe mostrou capacidade mental para voltar a ganhar uma decisão nas penalidades depois de quedas recentes, como a perda da final da Copa Sul-Americana.

Esse ponto, aliás, foi exaltado pelo CEO do Fortaleza, Marcelo Paz.

“Nós perdemos três disputas de pênaltis (final da Copa Sul-Americana de 2023, final do Estadual de 2024 e eliminação na Copa do Brasil de 2024 para Vasco). Então, vocês sabem o quanto isso pesa no psicológico dos jogadores. Os jogadores foram muito competentes”, disse o gestor.

“Mas, eu ainda falo de 2017. Vamos voltar no tempo. A gente veio aqui no Rei Pelé e perdeu a final da Série C para o CRB. Então, ressignificamos o Rei Pelé, ressignificamos os pênaltis e ressignificamos a Copa do Nordeste de 2024", acrescentou.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Brenno Costa é jornalista multimídia formado pela Universidade Católica de Pernambuco e pós-graduado em comunicação e marketing pela Estácio. Atualmente, é correspondente da Itatiaia em São Paulo. Antes, trabalhou na Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco/Superesportes e no Globo Esporte.
Leia mais