Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Ex-parceiros no Flamengo, Santos diz que Marinho ligou antes de acerto com Fortaleza

Goleiro assinou contrato até dezembro de 2026; atacante fez contato por ‘lobby’ favorável ao Leão, que vai pagar R$ 4,8 milhões ao clube do Rio

Goleiro Santos já treina no Fortaleza após ser contratado do Flamengo

Goleiro Santos já treina no Fortaleza após ser contratado do Flamengo

Mateus Lotif/Fortaleza EC

O goleiro Santos já treina no CT do Fortaleza, seu novo clube, e contou que Marinho ligou para ele para ajudar a diretoria do Leão a convencer o jogador a aceitar a proposta. Em junho de 2023, o atacante fez o mesmo caminho de Santos agora, do Flamengo ao Fortaleza.

“O Marinho dispensa comentários. Quando surgiu essa possibilidade ele foi um dos caras que me mandou mensagem, me apresentou o Fortaleza. Apesar de conhecer algumas coisa já, foi um cara que me deu moral para conhecer um pouco mais do clube, expor mais esse lado do Fortaleza. Marinho é um cara que tenho carinho enorme”, disse Santos à Leão TV.

O vínculo do goleiro com o Fortaleza vai até dezembro de 2026 e a compra custou 1 milhão de dólares (cerca de R$ 4,8 milhões), que será pago de forma parcelada.

Santos, de 33 anos, perdeu espaço espaço no Flamengo com a chegada do argentino Rossi, no meio de 2023. Ele foi formado no Athletico-PR, clube que defendeu profissionalmente por 11 anos, até ser vendido em 2022 para o Rubro-Negro. Na equipe carioca foram 63 jogos e dois títulos: Libertadores e Copa do Brasil em 2022.

“O Fortaleza tem crescido no cenário nacional e internacional do nosso calendário, a gente vê esse crescimento, isso me fez pensar com carinho no que o Fortaleza me ofereceu. Mas é uma posição que tem bastante disputa, tem o João [Ricardo], o Maurício [Koslinski], grandes goleiros. Espero retribuir essa confiança”, disse Santos.

A ideia da comissão técnica do Fortaleza com a chegada de Santos é, além de repor a saída de Fernando Miguel, ter alguém que brigue pela posição com João Ricardo. O objetivo é ter competitividade no setor.

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais