Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Fernando Diniz explica mudanças no Fluminense: ‘Jogadores relataram cansaço’

Treinador avalia a partida contra o Botafogo, no Maracanã, na última rodada da Taça Guanabara

Após a derrota para o Botafogo por 4 a 2, neste domingo (3) no Maracanã, o técnico Fernando Diniz explicou as mudanças feitas na equipe tricolor. De acordo com o treinador, a decisão de fazer as alterações foi por conta do desgaste dos atletas que enfrentaram a LDU, do Equador, pela Recopa Sul-Americana na última quinta (29).

“O time que foi a campo é porque achei importante rodar. Temos jogadores pra isso, tivemos um jogo muito desgastante (contra LDU), em que muitos jogadores relataram cansaço e que dobraram com o Flamengo. Preferimos colocar um time com mais saúde”, afirmou Diniz.

Felipe Alves, Guga, Antonio Carlos, Marlon e Alexsander; Lima, Renato Augusto e Terans; Douglas Costa, Lelê e John Kennedy: este foi o time inicial no clássico, formado por 11 atletas que foram reservas contra a LDU. Durante a partida, Arias, Marcelo, Martinelli, André e Marquinhos foram acionados.

“As alterações foram com o intuito de colocar o time mais para frente. Todas elas tiveram essa intenção. O lance da expulsão do André também foi determinante para o resultado de hoje”, explicou.

Leia também

O Fluminense entrou em campo já classificado para as semifinais do Campeonato Carioca, que serão disputadas em jogos de ida e volta nos dias 9 ou 10 e 16 ou 17 de março. A Ferj ainda detalhará os confrontos. Veja a tabela aqui.

Confira, abaixo, outras respostas de Fernando Diniz após o clássico entre Fluminense e Botafogo:

Sequência sem vitórias em clássico

“O resultado do clássico não impacta no dia a dia. Minha vontade sempre foi de ganhar todos os jogos. Temos que continuar trabalhando para melhorar para que no próximo clássico a gente vença. Temos que trabalhar e procurar fazer o nosso melhor em todas as partidas. Melhorar o que aconteceu no jogo de hoje e que não conseguimos vencer.”

Avaliação do elenco

“O Fluminense soube aproveitar as oportunidades e estamos muito felizes com os que vieram. Temos jogadores consagrados e uns mais jovens também. Estou bastante feliz com o que temos. Esperamos dar bastante informação para todos que estão chegando para ficarmos na mesma página. Depois do jogo de quinta é muito difícil manter o foco. Contra o Inter (em 2023, após a conquista da Libertadores) foi a mesma coisa, parecida. Precisamos aprender a conviver com esses momentos. Quando temos o momento de celebração importante temos que reestabelecer para voltar o foco.”

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais