Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Inspirado em João Gomes, Igor Jesus surge como solução para baixas no Flamengo

Com desfalques de Erick Pulgar, Allan e Gerson, garoto do Ninho ganha espaço e sequência entre os titulares do Rubro-Negro

As ausências de Gerson, Allan e Erick Pulgar abriram espaço e Igor Jesus, de 20 anos, não poderia ter aproveitado melhor a brecha. Com atuações seguras diante de Bangu e Boavista, o jovem volante ganhou pontos com a comissão técnica e torcida do Flamengo. Após a vitória desta terça (20), no Maracanã, o camisa 15 celebrou e revelou inspirar-se em João Gomes, outro cria do Ninho que despontou no meio de campo rubro-negro.

“Fico feliz, agradeço a todos pelo carinho e apoio que todos vêm me dando. Nunca tive muito contato com o João Gomes, mas é um cara também em quem eu me inspiro bastante. Cara que teve bastante tranquilidade aqui no Flamengo , na questão da transição de dar o passa para o profissional, aproveitou as oportunidades e fez muita história. Acredito que eu possa trabalhar bastante para chegar no auge onde ele está", afirmou Igor Jesus, destaque na goleada sobre o Boavista.

"É um momento que cria expectativa, mas a gente sabe a qualidade do grupo. Tem que ter tranquilidade e paciência para quando chegar o momento estar pronto. É dedicar ao máximo. O professor Tite nos deixa bastante à vontade. Todos os jogadores também. Eles contribuem para que a gente consiga entregar o melhor dentro do jogo, nos treinos também, e ajudam bastante nessa transição. Tite nos faz sentir importante no grupo para a gente conseguir fazer o nosso melhor dentro do campo”, completou.

Integrado ao elenco profissional, Igor Jesus recuperou-se de uma lesão durante a pré-temporada e acabou ficando de fora dos amistosos nos Estados Unidos. Assim, estava em "último da lista” no setor que conta com atletas renomados. Contudo, problemas físicos tiraram Allan (dengue), Gerson (infecção renal) e Erick Pulgar (suspensão e quadro febril) dos últimos jogos.

Leia também

O Garoto do Ninho, que já vinha agradando à comissão técnica durante as atividades, agarrou a oportunidade como titular do Flamengo. Contra o Boavista, liderou o time em desarmes e teve 94% de aproveitamento nos passes. Após a partida, Tite respondeu sobre o atleta e elogiou o processo de formação da base rubro-negra.

“Quero enaltecer o trabalho da base do Flamengo. Não sou eu. É a base do Flamengo que trabalha bem seus atletas. Chega um atleta com nível de trabalho como o Igor e outros. Só tenho que ter o cuidado de colocá-los em uma equipe estruturada. Esse é o desafio. Isso é difícil. A gente procura estruturar e deixar a equipe de forma que a base possa ser aproveitada”, afirmou Tite.

César Sampaio, auxiliar-técnico de Tite e ex-volante da Seleção Brasileira, tem auxiliado Igor Jesus durante o dia a dia no Ninho do Urubu.

“Assim que nós chegamos, eu fiquei impressionado com ele, mas teve uma lesão que retardou um pouco esse início. Ele veio numa partida difícil fazendo uma função importante para nós. É o homem de referência para o setor defensivo e quem municia o setor ofensivo, tendo participação direta em um dos gols”, disse Sampaio em 18 de fevereiro.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais