Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Everton Ribeiro abre o jogo sobre futuro no Flamengo: ‘Ciclos vão e vêm’

Meia tem o interesse em continuar no Rubro-Negro, mas ainda precisa negociar a renovação de seu contrato

Éverton Ribeiro pelo Flamengo

Éverton Ribeiro pelo Flamengo

Gilvan de Souza / CRF

Jogador mais longevo do elenco do Flamengo, Everton Ribeiro tem o futuro indefinido no clube. O contrato do camisa 7 se encerra neste mês, e, com o encerramento do Campeonato Brasileiro, o jogador e seus representantes se reunirão com a diretoria. Após o jogo contra o São Paulo, o meia abriu o jogo sobre a situação.

“Todo ano vem renovando, trocando (o elenco). Chegam jogadores e saem jogadores. O meu agente vai conversar agora. Deixamos finalizar tudo para ficar o pensamento só na reta final do campeonato. Agora a gente vai ver, preciso pensar e ver o que vai ser melhor para todo mundo”, afirmou o camisa 7, após o empate com o São Paulo, no Morumbi.

“Não tem nada apalavrado, negociado ainda, mas sempre tivemos bom relacionamento. Espero que a gente possa conversar e se resolva tudo. Ciclos vão e vêm, é natural do futebol, e espero terminar da melhor maneira possível no Flamengo”, concluiu.

A direção do Flamengo já teve conversas com os representantes do jogador no segundo semestre, mas com a chegada de Tite e o clube envolvido na disputa do Campeonato Brasileiro, a negociação foi colocada de lado nas últimas semanas.

No clube desde 2017, Everton Ribeiro é um dos capitães da equipe e soma 394 partidas pelo Flamengo, com 46 gols, 61 assistências e 11 títulos.

Na atual temporada, Everton Ribeiro disputou 62 partidas, sendo o 10º jogador do elenco com mais minutos em campo.

Aos 34 anos, o meia dá prioridade para a permanência no Ninho do Urubu, pela identificação com o clube e adaptação da família ao Rio de Janeiro, mas sabe que há outros clubes da Série A do Brasileirão interessados em contratá-lo para 2024.

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais