Ouvindo...

Times

Sistema defensivo do Cruzeiro tem queda de produção e vê alerta ligado

Goleada para o Bahia faz o Cruzeiro ter a sexta pior defesa do Campeonato Brasileiro ao lado de outros quatro clubes

A goleada de 4 a 1 sofrida pelo Cruzeiro para o Bahia na 11ª rodada do Campeonato Brasileiro começa a acender o alerta na Toca da Raposa II. Depois de uma boa fase, o sistema defensivo cruzeirense passa por um momento de instabilidade na temporada.

Nos últimos cinco jogos, o Cruzeiro levou sete gols. Isso representa uma média de 1,4 gol sofrido por partida. O número é alto e desperta mais atenção quando a lupa aponta de uma forma macro para a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

Na oitava colocação com 17 pontos, o Cruzeiro sofreu 14 gols em dez jogos. Estatística negativa importante, uma vez que, no ano passado, em todo o Brasileirão, o time celeste sofreu apenas 32 gols. Índice menor do que o apresentado pelo Palmeiras. Equipe que terminou a disputa com o título e 33 gols sofridos em 38 partidas.

Com menos de um terço da atual edição do Brasileiro disputado, o Cruzeiro já sofreu quase a metade de todos os gols da disputa nacional de 2023. E o técnico Fernando Seabra tentou justificar o placar elástico contra o Bahia.

“Tem alguns aspectos associados, da equipe sempre buscar o gol, sempre buscar se impor, tem muitos jogadores jovens envolvidos. A gente, talvez, em alguns momentos, pudesse ter mantido o equilíbrio para não se expor a um placar pior. Essa é a nossa mentalidade e precisamos, com essas experiências, vivências, aprender a se expor de maneira controlada”, explicou.

Com os 14 gols sofridos no Brasileirão até aqui, o Cruzeiro ostenta o sexto pior desempenho defensivo da competição, ao lado de Atlético-GO, Atlético e Juventude. Esse grupo fica atrás apenas de Vasco (22), Fluminense (19), Vitória (19), Criciúma (16) e Cuiabá (15).

Última derrota por quatro gols

A derrota para o Bahia foi expressiva e fez o Cruzeiro voltar a sofrer quatro gols depois de quatro anos. A última vez havia sido em 6 de junho de 2021, quando a equipe perdeu por 4 a 3 para o CRB, no Mineirão. À época, o treinador celeste era Felipe Conceição.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Leia mais