Ouvindo...

Times

Cássio revela situação inédita que vive no Cruzeiro

Jogador deu, nesta quinta-feira (20), a primeira entrevista coletiva como cruzeirense

Reforço do Cruzeiro, Cássio revelou, nesta quinta-feira (20), que vive uma situação inédita na carreira. O goleiro, de 37 anos, disse que nunca tinha aguardado para atuar por uma equipe, assim como ocorre na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte.

"É uma situação nova. É verdade, acho que nunca passei por essa situação de ficar tanto tempo de poder jogar, estar à disposição do treinador, mas tem muita coisa para fazer”, afirmou Cássio, em entrevista coletiva na Toca.

Cássio chegou ao Cruzeiro em 21 de maio, após passagem pelo Corinthians. Porém, ele ainda não foi relacionado, pois aguarda a abertura da janela de transferências, em 10 de julho.

Enquanto não pode ser relacionado pelos motivos legais, Cássio segue a preparação no Cruzeiro. O goleiro afirmou que também aprende jogadas do time celeste, que hoje tem Anderson como titular no gol.

“Se preparar, melhorar, evoluir, trabalhar. Também conhecer a maneira de jogo do (Fernando) Seabra (...) quando eu estiver apto a estar junto do grupo, já vou estar bem focado e sabendo o que precisa ser feito”, afirmou.

Cássio tinha contrato com o Corinthians até o fim de 2024. Ele rescindiu com o Timão para fechar com o Cruzeiro até o fim de junho de 2027.

A carreira de Cássio

Cássio começou a carreira profissional em 2006, pelo Grêmio. Jovem e com poucas oportunidades, ele foi negociado com o PSV-HOL. Depois, o goleiro defendeu Sparta Rotterdam-HOL e PSV novamente, até chegar ao Corinthians em 2012. O goleiro soma convocações à Seleção Brasileira entre 2007 e 2019.

O goleiro se tornou ídolo da torcida do Corinthians ao fazer 712 jogos pelo clube, sendo 710 como titular. Cássio conquistou nove títulos com a camisa alvinegra: Mundial de Clubes da Fifa (2012); Copa Libertadores (2012); dois Campeonatos Brasileiros (2015 e 2017); Recopa Sul-Americana (2013); e quatro Campeonatos Paulistas (2013, 2017, 2018 e 2019).

Neste ano, Cássio foi para o banco de reservas e viu Carlos Miguel assumir a titularidade. Foi a segunda vez que o ídolo foi preterido por opção técnica, sendo que a outra vez foi em 2016, quando Walter se tornou titular até Cássio retomar o posto posteriormente.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Matheus Muratori é jornalista multimídia com experiência em muitas editorias, mas ama a área esportiva. Faz cobertura de futebol, basquete, vôlei, esportes americanos, olímpicos e e-sports. Tem experiência em jornal impresso, portais de notícias, blogs, redes sociais, vídeos e podcasts.
Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Emerson Pancieri é setorista do Cruzeiro na Rádio Itatiaia, onde atua desde 2016. Graduou-se em Jornalismo pela Newton Paiva, em 2009. Passou também por Transamérica, O Tempo, Band News, Rádio Globo e CBN (onde foi setorista do Cruzeiro de 2012 a 2016 e cobriu o bicampeonato brasileiro 2013 e 2014, além da Copa no Brasil).
Leia mais