Ouvindo...

Times

Pênalti para o Cruzeiro foi bem marcado? Márcio Rezende avalia

Time celeste teve pênalti a seu favor em duelo contra o Fluminense no Mineirão

O Cruzeiro teve um pênalti marcado a seu favor no duelo contra o Fluminense, na noite desta quarta-feira (19), no Mineirão, em Belo Horizonte, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após chute de Marlon, a bola bateu no braço de Thiago Santos, do Tricolor.

Após chamado de Daiane Muniz, responsável por operar o VAR nesta noite, o árbitro Matheus Delgado Candançan assinalou pênalti para o Cruzeiro. Na opinião de Márcio Rezende de Freitas, comentarista de arbitragem da Itatiaia, o lance foi bem marcado para a Raposa.

“Ele se convenceu que foi um lance para pênalti, que o braço estava aberto, e marcou o pênalti chamado pelo VAR. A TV mostra um lance que dirime qualquer dúvida. É um braço de bloqueio, a bola não pega no peito dele. Vai direto no braço. É um lance até para cartão amarelo. Pênalti bem marcado. A Daiane é muito boa no que ela faz no VAR”, disse Márcio.

Na cobrança do pênalti, o lateral-direito William chutou e balançou as redes no Gigante da Pampulha. O goleiro Fábio chegou a tocar na bola.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Túlio Kaizer é jornalista esportivo com grande experiência no digital. Foi setorista dos três grandes clubes do futebol mineiro: América, Atlético e Cruzeiro. Cobre também basquete, vôlei, esportes americanos, esportes olímpicos e e-sports.
Leia mais