Ouvindo...

Times

Bom para o Cruzeiro, para Ronaldo e para Pedro Lourenço

Possivelmente, a compra do Cruzeiro será a realização de Pedro Lourenço como torcedor

A notícia da possível venda da SAF do Cruzeiro é boa para todas as partes.

Para o Cruzeiro, que teria um sócio capitalizado e com profunda identidade com o clube.

Pedro Lourenço é cruzeirense, um vitorioso em sua vida profissional, e um empresário muito capitalizado. Terá condições de fazer os investimentos que Ronaldo não fez.

O futebol brasileiro passa por um divisor de águas. Se o Cruzeiro não investir de maneira pesada ficará muito distante dos seus rivais nacionais. Palmeiras, Flamengo e Atlético são clubes em patamar de investimento muito superior.

O Flamengo conseguiu isso porque se organizou e tem uma torcida gigante, capaz de gerar receitas quase infinitas.

O Palmeiras, por sua vez, está em estado rico, com uma torcida nacional e com uma investidora ávida por conquistas.

Já o Atlético atingiu esse patamar porque tem se organizado como SAF, também com um grupo capitalizado e com sucessivos aportes no clube.

Só para citar uma diferença entre as SAF’s de Atlético e Cruzeiro: no dia da oficialização da venda do Galo, o clube recebeu um aporte de R$ 513 milhões dos seus acionistas majoritários, a família Menin. Fora outros R$ 600 milhões que já haviam investido antes no pagamento de dívidas, e outros aportes de investidores minoritários.

Já no Cruzeiro, Ronaldo prometeu aportes de R$ 400 milhões ao longo de cinco anos. Apesar disso, esse valor, bem inferior ao do rival, não chegou à SAF celeste.

Sem esse valor aportado, o Cruzeiro será um clube em condições muito inferiores de competir. Não se faz futebol sem dinheiro. Ponto.

Eu penso que o Cruzeiro não pode seguir na busca do bom e barato. É pouco para o tamanho do clube e da sua torcida.

A política de “fritar o porco com a banha”, como se diria no interior de Minas, não levará o Cruzeiro à disputa de grandes títulos, como sua história pede e merece.

O Cruzeiro precisa de aporte, de investimento para acelerar o crescimento qualitativo em campo.

O clube tem perdido profissionais em várias áreas pela incapacidade de competir financeiramente. E em campo tem um time muito abaixo do necessário.

A possível venda será boa também para Ronaldo.

É inegável que o craque teve coragem de assumir o clube num momento difícil. E apesar das condições favoráveis para a compra, assumiu um risco grande.

Se vender o Cruzeiro, Ronaldo poderá fazer a melhor negociação da sua vida.

A margem de lucro pode ser gigantesca. E ninguém precisa ter dúvida que o objetivo estará conquistado.

Já para Pedro Lourenço, a aquisição também será um bom negócio.

Pedrinho é um homem amplamente resolvido financeiramente. Um homem vitorioso e realizado em seus negócios.

Os Supermercados BH são uma potência. A maior rede varejista de Minas Gerais. A quinta maior do Brasil em seu segmento. Fruto da competência de um empreendedor de sucesso.

E homens vitoriosos são movidos por grandes desafios.

E esse é o desafio que faz os olhos de Pedro Lourenço brilhar.

Falar de Cruzeiro é o que alegra Pedrinho.

Ele nunca escondeu o seu desejo de comandar o clube. E se tivesse tido a oportunidade de comprar o Cruzeiro, nas condições que Ronaldo teve, provavelmente teria comprado.

Possivelmente, essa será a realização de sua vida como torcedor.

Mas será também uma ótima oportunidade comercial.

O esporte é um grande negócio no mundo todo. E será também no Brasil.

Veremos o valor dos clubes crescer muito. E as receitas geradas pelo futebol também.

Quem tiver capacidade de investimento e gestão, poderá ter muito lucro no futuro.

Ou seja, é o típico negócio que pode ser bom para todo mundo.

E se assim for, pode ser ótimo para o torcedor do Cruzeiro. Ele pode ver o clube num outro patamar de investimento e liderado por um dos seus.

Pedro Lourenço pode devolver ao Cruzeiro a identidade com sua torcida e com Minas Gerais. Essa relação faz falta ao Cruzeiro. Futebol deve ser tratado como negócio. Mas todo negócio necessita de uma boa dose de paixão para dar certo. Em especial, no esporte. Pedro Lourenço pode trazer a capacidade profissional da sua empresa. Mas sem esquecer o calor de quem senta na arquibancada e ama o clube.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Apresentador do programa Bastidores | Informações exclusivas e opiniões fortes sobre o Esporte
Leia mais