Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Cruzeiro x Botafogo: áudio do VAR ignora mão de Ponte em gol de Arthur Gomes

CBF divulgou, nesta segunda-feira (15), a análise do árbitro Matheus Delgado Candançan sobre o lance no Mineirão, em BH, pelo Brasileirão

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou, na tarde desta segunda-feira (15), o áudio do VAR sobre o gol anulado de Arthur Gomes, do Cruzeiro, na partida contra o Botafogo. Nesse domingo (14), o lance aconteceu aos 31 minutos do primeiro tempo no Mineirão, em Belo Horizonte, pela 1ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Na jogada, o lateral William cruzou a bola na área para Arthur Gomes. Em velocidade, o camisa 11 do Cruzeiro dividiu com o lateral Mateo Ponte. O lateral do Botafogo bateu com a mão na bola e, na sequência, o atacante do time celeste atingiu a bola com o braço.

Inicialmente, o árbitro Matheus Delgado Candançan (SP) validou o gol do Cruzeiro, mas, após recomendação da cabine do VAR, anulou o lance.

No áudio divulgado pela CBF nesta segunda (15), Matheus Candançan ponderou que Arthur Gomes fez movimento intencional com a mão para atingir a bola. No entanto, nenhum árbitro considerou o toque anterior na mão de Ponte, do Botafogo.

“Eu entendo que é intencional, porque ele faz o movimento lateral, sim. É claro. Quando ele vê, ele faz o movimento”, disse o árbitro do jogo na comunicação com Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC), chefe da cabine do VAR.

Naquele momento da partida, Cruzeiro e Botafogo empatavam por 1 a 1. Tiquinho Soares havia aberto o placar para os cariocas, enquanto Lucas Silva deixou tudo igual para os mineiros. Por fim, o time de Fernando Seabra levou a melhor e venceu o confronto por 3 a 2.

Analista da Itatiaia concordou com marcação

Para o analista de arbitragem da Itatiaia, Márcio Rezende de Freitas, o gol de Arthur Gomes foi anulado corretamente.

“Sobre o Arthur Gomes, o gol foi corretamente anulado, mesmo sendo um toque acidental. Como houve o toque na mão, e a bola entrou, tem que anular mesmo. O árbitro apenas errou em dar o cartão amarelo para o Arthur Gomes, pois foi um toque acidental. Não justifica cartão amarelo neste caso”, disse Márcio.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Leonardo Garcia Gimenez é repórter multimídia na Itatiaia. Natural de Arcos-MG e criado em Iguatama-MG. Passou também pela Record Minas.
Jornalista pela PUC Minas, Pedro Leite é repórter de esportes da Itatiaia. Tem experiência na cobertura diária de portais, redes sociais e jornal impresso. Apaixonado por futebol, já passou pelo Superesportes.
Leia mais