Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Larcamón comemora liderança geral e revela planos do Cruzeiro para semifinal do Mineiro

Cruzeiro enfrentará o Tombense na próxima fase e terá vantagens para ir à final

A vitória do Cruzeiro por 1 a 0 em cima do Uberlândia, neste sábado (2), no Mineirão, na última rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro, arrancou elogios do técnico Nicolás Larcamón. O treinador comemorou o resultado positivo que garantiu o posto de líder geral à equipe e vaga nas semifinais.

“Acho que foi uma muita boa jornada para nós. Sinto que era preciso ganhar jogando bem, jogando com a possibilidade de o time melhorar com os jogadores que entraram (após as substituições). São jogos incômodos pelos times se fecharem muito, sem permitir nossos avanços. Sinto também que esses jogos necessitam do algo mais para marcar, encaminhar o jogo quando você não está contundente o suficiente”, destacou.

Larcamón citou ainda a importância de o Cruzeiro terminar a fase de classificação com a melhor campanha dentre todos os outros concorrentes.

O time celeste terminou na liderança do Grupo A com 19 pontos, e, consequentemente, com a melhor campanha da primeira fase.

“Foi um grande trabalho dos jogadores, de todos os atletas, de todo time. Era isso que tinha que ser feito, conseguir a classificação em primeiro lugar e jogar o torneio estadual fechando às séries em nossa casa. Isso é muito importante para nós e para o nosso torcedor. Agora é seguir trabalhando, melhorando para chegar melhor ainda do que jogamos hoje para encararmos as próximas etapas”, garantiu.

Vantagens nas semifinais

O Cruzeiro enfrentará o Tombense nas semifinais. O primeiro jogo será com mando do Gavião Carcará e há possibilidade de a partida acontecer em Ipatinga, por questões financeiras.

Por ter tido a melhor campanha, o Cruzeiro jogará por dois empates ou por vitória e derrota pela mesma diferença de gols.

Ter vantagem não foi garantia de classificação ao Cruzeiro na Copa do Brasil. O time poderia até empatar com o Sousa-PB, na Paraíba, mas acabou perdendo por 2 a 0, sendo eliminado de forma precoce na competição.

Na visão de Nicolás Larcamón, o passado deve ficar no passado, e isso não influenciará na disputa do Cruzeiro nas fases finais do Mineiro.

“O futebol muda tão rápido, semana a semana. O que pode mudar em uma temporada para outra, de um ano a outro. Sinto que nada tem que ver com o que vai acontecer agora. Para nós é muito importante ser um time que ambiciona ganhar, que não fique só pensando na vantagem mínima. Essa não é a nossa chave para classificar à final”, disse, dando o direcionamento de como deve ser o pensamento do time nos próximos jogos.

“Nossa chave tem que ser um bom desempenho na série de 180 minutos. Temos que trabalhar muito bem, com muito foco, muita consistência para fazer um bom trabalho e classificar o nosso time à final do torneio estadual. Seria uma maneira muito boa de começar uma temporada exigente para todos”, concluiu.

Participe do canal da Itatiaia no WhatsApp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Leia mais