Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Larcamón analisa vitória do Cruzeiro pós-eliminação: ‘Resposta a golpe duro’

Treinador do Cruzeiro disse que jogadores assimilaram cobranças antes do triunfo em cima do Pouso Alegre

O técnico Nicolás Larcamón comemorou a vitória do Cruzeiro por 2 a 0 sobre o Pouso Alegre, neste domingo (25), no estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro. Na visão do treinador argentino, o resultado serviu para amenizar a dor sofrida após o duro golpe pela eliminação precoce na Copa do Brasil.

“A gente queria terminar com um resultado mais cômodo, com um número maior de gols, mas o mais importante hoje era dar a resposta a um golpe duro para nós, para toda a torcida do Cruzeiro. Sinto que com toda a dificuldade do jogo, campo, o calor, e tudo o que aconteceu para dificultar o futebol que temos o desejo de fazer, foi um bom desempenho”, disse Larcamón, após o resultado positivo, no Triângulo Mineiro.

O Cruzeiro foi derrotado por 2 a 0 pelo Sousa-PB na primeira fase da Copa do Brasil. A eliminação precoce, além de impedir o time de seguir na competição, encerra a possibilidade de o clube acumular quantia interessante em dinheiro. A diretoria havia feito a previsão de chegar ao menos às quartas de final, o que garantiria algo em torno de R$ 13 milhões.

“Principalmente, destacar a resposta dos atletas depois de uns dias duros, difíceis e com muitas exigências. A resposta eu tive, por isso agradeço”, destacou Larcamón.

O treinador argentino não minimizou o fato de o Cruzeiro ter sido eliminado precocemente e para um clube modesto na Copa do Brasil. No entanto, ressaltou que o ocorrido com o time celeste não é novidade entre as equipes da Série A do Campeonato Brasileiro.

Mesmo assim, o treinador falou sobre a receita para superar ainda mais o baque: “união e trabalho”.

“Principalmente, com o que a gente mostrou, foi um golpe duro, mas coisas que acontecem com times da Série A. Importante, e sinto que a diferença que faz entre o êxito e o fracasso, não só a capacidade de se bater forte, senão também de sustentar um golpe forte. Sinto que esse foi um golpe forte para nós, mas a união e o trabalho que mostrou o grupo foi muito importante”, garantiu.

Assim como falou depois da derrota para o Sousa-PB, Larcamón repetiu o discurso sobre “ter gerado uma cicatriz” a ser lembrada.

“Não queríamos que acontecesse o que aconteceu, mas agora que aconteceu a oportunidade é muito grande de nos fortalecer, como sinto que estamos nos fortalecemos. É uma cicatriz, que cada vez que nos recordemos do jogo com o Sousa-PB, em todo contexto como foi, será uma cicatriz para nos fortalecer. Com humildade e ambição para ir em busca do que pretendemos construir”, concluiu.

Participe do canal da Itatiaia no WhatsApp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Emerson Pancieri é setorista do Cruzeiro na Rádio Itatiaia, onde atua desde 2016. Graduou-se em Jornalismo pela Newton Paiva, em 2009. Passou também por Transamérica, O Tempo, Band News, Rádio Globo e CBN (onde foi setorista do Cruzeiro de 2012 a 2016 e cobriu o bicampeonato brasileiro 2013 e 2014, além da Copa no Brasil).
Leia mais