Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Saiba o que António Oliveira disse ao árbitro ao ser expulso em Corinthians x Atlético

Súmula revela que o técnico do Timão alegou que o juiz tentou compensar a expulsão de Rodrigo Battaglia

Por reclamação, o técnico António Oliveira, do Corinthians, foi expulso após o final da partida entre Corinthians e Atlético, neste domingo (14), empatada em 0 a 0. Em súmula, o árbitro Yuri Elino Ferreira da Cruz registrou as palavras ditas pelo treinador português que motivaram o segundo cartão amarelo.

De acordo com o documento, António teria criticado a arbitragem por tentar “compensar” a expulsão de Rodrigo Battaglia, do Atlético. Em vídeo gravado pela Itatiaia, o treinador parece adotar tom brando em um primeiro contato, mas sobe a agressividade ao se deparar com a expulsão.

“Expulsei por segunda advertência, o Sr. António José Cardoso de Oliveira, técnico da equipe mandante, por após o termino da partida, vir em minha direção, protestando contra as minhas decisões, proferindo as seguintes palavras “você errou! quis compensar!”. Após a apresentação do cartão vermelho, o mesmo voltou a protestar de forma ríspida e agressiva proferindo as seguintes palavras: “você está de sacanagem, tem que me respeitar merd#!”.

As reclamações do treinador se devem à falta sofrida por Gustavo Scarpa, na entrada da área, já nos minutos finais da partida. O camisa 6 do Atlético bateu com força, no canto de Cássio, mas viu o goleiro corintiano operar um milagre.

Desta forma, o treinador português será desfalque do Corinthians para a partida diante do Juventude, na próxima rodada, pelo Campeonato Brasileiro. A partida será na próxima quarta-feira (17) no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Responsável por acompanhar o dia a dia de Corinthians e Santos pela Itatiaia Esporte. Passagem também como repórter do portal Meu Timão
Leia mais