Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Auxiliar do Corinthians explica entrada de Cacá no final do jogo

Defensor falhou no gol de empate da equipe do Racing, já nos minutos finais

O Corinthians deixa o Uruguai frustrado após empatar com o Racing em 1 a 1, tendo sofrido gol nos minutos finais da partida. O tento dos uruguaios surgiu minutos após uma alteração tática do técnico António Oliveira, que colocou Cacá na vaga de Breno Bidon e passou atuar com uma linha de cinco defensores.

Cacá, inclusive, foi deixado para trás pelo atacante Alaniz no gol anotado pelo Racing. Após a partida, o auxiliar técnico Bruno Lazaroni explicou a mexida. Foi ele quem concedeu a entrevista coletiva, já que António Oliveira ainda não tem a certificação necessária para comandar equipes em torneios da Conmebol.

“Acho que o primeiro tempo foi aquém do esperado, podemos fazer melhor. Tivemos dificuldades para furar o bloqueio e não conseguimos criar oportunidades. Na segunda parte melhoramos um pouquinho, não o tanto que queríamos, mas conseguimos sair na frente e acabamos tomando o gol. A gente tinha tomado um gol de bola parada, a estatura estava mais baixa que o habitual, na entrada do Romero e do Fausto. Por conta disso, optamos por colocar um zagueiro sem mudar a estrutura. A gente pode fazer mais e melhor nas próximas partidas”, avaliou Bruno Lazaroni.

Com o empate, o Corinthians inicia a Sul-Americana na segunda colocação do grupo. No outro jogo da chave, o Argentinos Juniors venceu o Nacional, do Paraguai, por 3 a 2 e assumiu a liderança ao final da primeira rodada.

Leia também

Participe dos canais da Itatiaia Esporte:

Jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Responsável por acompanhar o dia a dia de Corinthians e Santos pela Itatiaia Esporte. Passagem também como repórter do portal Meu Timão
Leia mais