Ouvindo...

Times

Fortaleza tem vantagem sobre o CRB na finalíssima da Copa do Nordeste

Time cearense pode perder até por um gol de diferença que conquista o tricampeonato; jogo neste domingo (9) será no estádio Rei Pelé, em Maceió

O campeão da Copa do Nordeste 2024 será conhecido neste domingo (9). O CRB recebe o Fortaleza no estádio Rei Pelé, em Maceió, precisando vencer por três ou mais gols de diferença para conquistar o inédito título.

Para levantarem o terceiro troféu regional, repetindo 2019 e 2022, os cearenses podem até perder por um gol de diferença. Se os alagoanos ganharem por dois gols o campeão será conhecido após cobranças de pênaltis.

Na quarta-feira (5), no jogo de ida na Arena Castelão, na capital cearense, o Fortaleza venceu por 2 a 0, gols de Moisés e Lucero. Em 18 finais do Nordestão disputadas em dois confrontos, somente em duas o time que perdeu o primeiro encontro reverteu a vantagem, e nunca por mais de um gol de diferença.

Para conquistar o título, o CRB aposta, especialmente, no Rei Pelé. Os ingressos para a partida estão esgotados, 15.100, e o ambiente promete ser de apoio total à equipe treinada por Daniel Paulista.

O meia Gegê disse que espera fazer história com a camisa regatiana.

"É uma grande oportunidade. São 30 anos que o CRB não chegava em uma final de Copa do Nordeste. Temos uma oportunidade de fazer história, de fazer algo novo. Todos estão concentrados para conseguirmos esse feito histórico”, afirmou.

A primeira e única vez que o CRB avançou à final do Nordestão foi em 1994, em edição que deu início à competição. Na ocasião, foi derrotado pelo Sport nos pênaltis e ficou com o vice-campeonato.

O Fortaleza tem na Copa do Nordeste a grande chance de ganhar um título em 2024. O time de Juan Pablo Vojvoda perdeu a final do Estadual para o arquirrival Ceará, nas cobranças de pênaltis, perdendo a chance de um inédito hexacampeonato.

O time já esta eliminado na Copa do Brasil, a disputadíssima Série A do Brasileiro só acaba em dezembro e a imprevisível Copa Sul-Americana ainda está nas oitavas de final.

“Toda conquista é muito importante na vida de um atleta profissional. Você poder colocar uma medalha no peito, um quadro na parede, marcar o nome na história, tudo isso é por meio de um título. Esse grupo foi formado para viver momentos de decisão”, disse Titi, zagueiro do Fortaleza.

Os times

Diante dos desfalques por lesão, o CRB deve manter a equipe que atuou na Arena Castelão. O lateral-esquerdo Willian Formiga e os meias Caio Cesar e Rômulo estão entregues ao departamento médico.

Além disso, o técnico Daniel Paulista não pode contar com três reforços contratados pela diretoria regatiana na última janela de transferências. O lateral-esquerdo Jorge, o meia Raí e o atacante Getúlio chegaram ao clube depois do prazo de inscrições na Copa do Nordeste.

Dessa forma, o lateral-direito Matheus Ribeiro deve ser improvisado novamente na lateral esquerda. O CRB não tem desfalques por suspensão.

No Fortaleza, o técnico Juan Pablo Vojvoda também deve manter a formação inicial de quarta-feira, algo até incomum em seu método de trabalho, de revezar bastante os jogadores entre as partidas.

Mas como tem atletas lesionados, como Marinho e Calebe, e quatro não inscritos (Felipe Jonatan, Martinez, Breno Lopes e Renato Kayzer), as opções de rodízio diminuem.

O meia Kervin Andrade foi liberado pela comissão técnica da Seleção da Venezuela, para a qual deveria ter se apresentado na sexta-feira (7), para estar à disposição de Vojvoda em Maceió.

A postura do time, com a vantagem dos 2 a 0 obtidos na ida, deve mudar e deixar mais a bola com o CRB, algo que Vojvoda tem proposto em alguns jogos em que busca o contra-ataque. Foi assim, por exemplo, nos 4 a 1 sobre o Sport na semifinal, na Arena de Pernambuco.

CRB x Fortaleza

CRB

Matheus Albino; Hereda, Saimon, Fábio Alemão e Matheus Ribeiro; Falcão, João Pedro e Gegê; Labandeira, Léo Pereira e Anselmo Ramon. Técnico: Daniel Paulista.

Fortaleza

João Ricardo; Tinga, Brítez, Titi e Bruno Pacheco; Zé Welison, Rossetto e Pochettino; Yago Pikachu, Lucero e Moisés. Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Motivo: jogo de volta da final da Copa do Nordeste
Data e horário: 9 de junho de 2024, às 16h30 (de Brasília)
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)

Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade (BA)
Auxiliares: Alessandro Álvaro Rocha Matos e Daniella Coutinho Pinto (ambos da BA)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (Fifa-RN)
Transmissão: SBT (AL e CE), ESPN, Star+ e Nosso Futebol

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais