Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Ponte Preta marca nos minutos iniciais e vence o Corinthians pelo Paulistão

Macaca foi fatal em única chegada ofensiva na partida e conquistou a vitória em Itaquera

A Ponte Preta surpreendeu e venceu o Corinthians por 1 a 0 neste domingo (25), pela décima rodada do Campeonato Paulista. O gol da Macaca foi marcado por Iago Dias, ainda aos seis minutos da primeira etapa, que deu números finais ao duelo.

Pelo gol cedo, o jogo foi de um Corinthians que precisou se propor a criar chances logo nos primeiros minutos. E mesmo com muita posse de bola (mais de 80% em alguns momentos do jogo), o Timão teve sérias dificuldades para furar o bloqueio adversário.

A Ponte Preta, dentro de sua estratégia, cumpriu muito bem seu papel em Itaquera. A equipe do técnico João Brigatti se fechou na defesa e cortou praticamente todo o raio de criatividade do Corinthians.

O Timão, agora, terá uma semana inteira de trabalhos até seu próximo compromisso. A equipe volta a campo no próximo sábado (2), quando recebe o Santo André na Neo Química Arena.

Curado!

Ainda uma hora antes da bola rolar, o Corinthians surpreendeu boa parte de seus torcedores. Tudo pela presença de um jogador específico na escalação titular: o atacante Yuri Alberto.

Em apenas sete dias, o centroavante alvinegro se recuperou de fratura no oitavo arco costal e iniciou o duelo como titular do Timão. A expectativa, inclusive de funcionários do clube, era de que ele pudesse perder todo o restante do Campeonato Paulista.

Cartão de visitas

A Ponte Preta, logo aos seis minutos da primeira etapa, abriu o placar sobre o Timão. Em falta pelo lado direito do campo, Elvis chutou forte, rasteiro, e parou em Carlos Miguel. No rebote, Jeh se aproveitou do gol vazio e colocou a Macaca na frente.

A defesa inicial do arqueiro corintiano foi contestada por parte da Fiel, que acreditava que o goleiro poderia ter agarrado o arremate.

^

Em vantagem, a Ponte Preta não tardou a colocar o regulamento debaixo do braço na Neo Química Arena. A equipe de João Brigatti deixou a posse com o Corinthians e optou por se posicionar de maneira mais recuada, dentro do próprio campo.

O jogo do Timão, assim, ficou pautado em jogadas lateralizadas e cruzamentos para a área. Wesley e Fagner foram os grandes destaques do Corinthians, que ficou longe de ter muito brio durante toda a primeira parte do jogo.

Ao ataque

O Corinthians terminou a partida com uma formação incrivelmente ofensiva para tentar furar o bloqueio campineiro. Em uma das substituições, inclusive, sacou o zagueiro Gustavo Henrique para colocar o meia-atacante Matías Rojas.

Neste cenário, cada vez mais, o Corinthians conseguiu amassar seu adversário e ficar com a bola no campo de ataque. As oportunidades de gol, porém, eram bastante raras.

Corinthians 0x1 Ponte Preta

Corinthians

Carlos Miguel; Fagner (Matheus França), Félix Torres, Gustavo Henrique (Matías Rojas) e Hugo (Gustavo Mosquito); Raniele, Maycon e Rodrigo Garro; Wesley (Guilherme Biro), Romero e Pedro Henrique (Romero)

Ponte Preta

Pedro Rocha; Igor Inocêncio, Mateus Silva (Edson), Castro e Nilson Júnior; Léo Naldi, Ramon Carvalho, Elvis (Luis Felipe) e Gabriel Risso; Iago Dias e Jeh. Técnico: João Brigatti

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Paulista

Data e hora: 25 de fevereiro de 2024 (domingo), às 20h (de Brasília)

Local: Neo Química Arena, em São Paulo

Árbitro: Matheus Delgado Candançan

Auxiliares: Neuza Inês Back e Ítalo Magno de Paula Andrade

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

Público: 41.118 pessoas pagantes
Renda: R$2,339,123,50
Gols: Iago Dias (6 min 1ºT), para a Ponte Preta

Cartões amarelos:
Maycon e Gustavo Henrique, do Corinthians
Jeh e Igor Inocêncio, da Ponte Preta
Cartões vermelhos:

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Responsável por acompanhar o dia a dia de Corinthians e Santos pela Itatiaia Esporte. Passagem também como repórter do portal Meu Timão
Leia mais