Ouvindo...

Times

Fortaleza e Ceará começam a decidir o Cearense em confronto por hegemonia

Jogo será neste sábado (30), na Arena Castelão; Leão busca o inédito hexacampeonato, e Vozão tenta interromper a sequência de triunfos do rival

Uma final de Estadual entre os dois maiores rivais sempre significa muito, mas a decisão do Campeonato Cearense que começa neste sábado (30), às 16h40 (de Brasília), na Arena Castelão, tem um detalhe adicional que a torna ainda mais interessante.

Se ganhar, o Fortaleza conquistará o hexacampeonato, o sexto título seguido, algo que nunca aconteceu na competição, disputada regularmente desde 1915. O Leão venceu todas desde 2019. Para o Ceará, vale recuperar a hegemonia local, impedir que o rival alcance uma marca histórica e também o empate em números totais de títulos do Cearense, hoje em 46 a 45 para o Fortaleza.

Os rivais se enfrentarão pela 34ª vez em um jogo que vale a taça do Cearense, entre finais ou partidas entre os clubes que definiram o campeão estadual. O Ceará tem pequena vantagem nesses encontros diretos pelo título do Cearense: 17 a 16. A última vez com triunfo do Vozão foi em 2018, com duas vitórias por 2 a 1.

O mando será do Fortaleza, que terá uma carga um pouco maior de ingressos a seus torcedores. Não há vantagem para nenhum dos dois times, portanto com igualdade em pontos e saldo de gols ao final dos dois encontros o título será decidido nas cobranças de pênaltis. A segunda partida será em 6 de abril.

“Eu não vejo favorito, sinceramente. É uma final de campeonato, dividida em dois jogos de noventa minutos. Neste momento, entra muito o poder emocional, mental das equipes. No Cearense há um equilíbrio grande. Só por isso, torna o jogo de sábado dificílimo em todos os aspectos”, disse Vágner Mancini, treinador do Ceará.

Os times

O técnico Juan Pablo Vojvoda, do Fortaleza, não deve contar com seus dois laterais titulares, Tinga e Bruno Pacheco, por causa de lesões. Na quarta-feira (27), contra o Maranhão, pela Copa do Nordeste, o zagueiro Brítez foi improvisado na direita, mas a tendência é que Dudu comece a final. Na esquerda joga Escobar.

Quem pode voltar a ser relacionado é o meia-atacante Kervin Andrade, que estava servindo a seleção da Venezuela, na Data-Fifa da semana passada. A dúvida é se ele começa como titular. Como o Leão vive má fase, Vojvoda pode realizar outras alterações, principalmente no setor ofensivo.

No Ceará, Vagner Mancini ainda não deve ter o retorno de Guilherme Castilho, que se machucou justamente no Clássico-Rei de 20 de março, pela Copa do Nordeste, que terminou 1 a 0 para o Vozão. Lucas Mugni deve começar jogando na meia.

Lourenço e Matheus Bahia, que por causa de uma virose não enfrentaram a Itabaiana na quarta (27), pelo Nordestão, devem retornar. O ataque terá Erick Pulga, destaque do time no ano com nove gols em 12 jogos, Facundo Barceló e Aylon. Este último se recuperou de lesão.

Fortaleza x Ceará

Fortaleza

João Ricardo; Dudu, Brítez, Tomás Cardona e Escobar; Kauan, Zé Welison e Calebe (Machuca); Yago Pikachu, Lucero e Moisés. Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Ceará

Richard; Raí Ramos, Matheus Felipe, Ramón e Matheus Bahia; Richardson, Lourenço e Lucas Mugni; Erick Pulga, Facundo Barceló e Aylon. Técnico: Vágner Mancini.

Motivo: primeiro jogo da final do Campeonato Cearense
Data e horário: 30 de março de 2024 (sábado), às 16h40 (de Brasília)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza

Árbitro: Ramon Abatti (SC)
Auxiliares: Rodrigo Correa (RJ) e Alex Ang (SP)
VAR: Wagner Reway (ES)

Transmissão: TVs Verdes Mares e Ceará (somente para território cearense), Ge.com (internet), Canal GOAT (Youtube) e canal da FCF no Youtube (para o exterior).

Leia também

Participe dos canais da Itatiaia Esporte:

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais