Ouvindo...

Times

Santos se aproveita de falha, supera o Goiás e volta a vencer na Série B

Peixe conseguiu superar bloqueio defensivo goiano e contou com “ajuda” do goleiro Tadeu

O Santos reencontrou o caminho das vitórias nesta quarta-feira (19), quando superou o Goiás por 2 a 0 pela Série B do Campeonato Brasileiro. A partida foi disputada na Vila Belmiro, casa do Peixe, pela 11ª rodada da competição.

O triunfo pôs um fim na série de quatro derrotas consecutivas do Santos nesta Série B. Até por isso, o ambiente no estádio antes da bola rolar era de muita tensão, sobretudo ao técnico Fábio Carille, que vive momento de pressão no cargo.

O placar foi aberto pelo Peixe em um gol contra do goleiro Tadeu, que se enrolou ao tentar bloquear cruzamento na área. Poucos minutos depois, Willian Bigode fez bela jogada individual e fechou a conta para a equipe paulista.

O Santos volta a campo na próxima terça-feira (25) quando encara o Mirassol. O Goiás, por sua vez, volta as atenções para o clássico diante do Vila Nova, neste domingo (23).

Volta à casa

Um dos trunfos do Santos para se reencontrar com as vitórias estava no mando de campo. A equipe voltou a disputar uma partida na Vila Belmiro após quatro rodadas afastado de seus domínios.

E foi justamente neste intervalo que o Peixe conheceu sua pior sequência na atual temporada. Nestes quatro jogos, a equipe santista foi derrotada em todas as oportunidades, sendo uma delas com o mando de campo, mas em Londrina (PR), contra o Botafogo-SP.

Novidade no time

Na escalação do Peixe, a principal novidade ficou pela presença do atacante Guilherme. Ele retornou ao time inicial após mais de um mês afastado por lesão, assumindo a vaga que estava com Hayner, que vinha atuando improvisado.

Guilherme foi inserido na escalação como ponta-esquerda. Na boa campanha do Peixe no Campeonato Paulista, ele foi tido como um dos principais destaques da equipe e figurou na Seleção do torneio.

Clima de decisão

Embora fosse apenas a 11ª rodada da Série B, o clima nos corredores da Vila Belmiro era de decisão para o lado santista. Nem tanto aos jogadores, mas sim ao técnico Fábio Carille, que sofreu forte pressão nos dias que antecederam a partida.

Foram quatro derrotas consecutivas na Série B, que colocaram o treinador em cheque para o duelo diante do Goiás.

Ferrolho

O Santos mostrou suas credenciais na Vila Belmiro, buscando um jogo leve, ofensivo e de muita posse de bola no campo do adversário. Ciente do contexto, o Goiás buscou se fechar no campo de defesa e explorar os contra-ataques cedidos pelo Peixe.

Com isso, o retrato da partida foi de poucas chances para ambos os lados. Mesmo tendo o controle da bola, o Santos pouco conseguiu furar o bloqueio do adversário e pouco fez Tadeu trabalhar na maior parte do jogo.

Que lambança!

O Santos abriu o placar aos 33 minutos do segundo tempo em uma verdadeira lambança do goleiro Tadeu, do Goiás. O goleiro anotou um gol contra que deu a vantagem ao Peixe no placar.

Pelo lado direito, Otero mirou cruzamento na grande área e viu a defesa goiana afastar para cima. Tadeu saiu do gol para apanhar a bola, mas se enrolou com as mãos e acabou vazando sua própria meta.

Para fechar a conta

Foi com um Goiás “zonzo” pela falha de Tadeu que o Santos se aproveitou da vantagem emocional para ampliar o placar. O gol foi marcado pelo atacante Willian Bigode, aos 38 minutos da segunda etapa, em bela jogada individual.

O atacante recebeu pelo lado direito do campo, com espaço, já que boa parte dos jogadores goianos estavam no campo de ataque. Com isso, ele trouxe para o meio e bateu de perna esquerda, no canto, para ampliar para o Santos.

Santos 2x0 Goiás

Santos

Gabriel Brazão; JP Chermont, Gil, Joaquim e Gonzalo Escobar; João Schmidt, Diego Pituca e Giuliano; Pedrinho (Otero), Guilherme e Julio Furch (Willian Bigode). Técnico: Fábio Carille.

Goiás

Tadeu; Dieguinho (Douglas Borel), Lucas Ribeiro, David Braz e Edson Felipe; Luiz Henrique, Wellington (Pedrinho), Marcão (Juninho) e Wellinton Matheus; Breno Herculano e Paulo Baya. Técnico: Márcio Zanardi

Motivo: 11º rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Data e horário: 19 de junho de 2024 (quarta-feira), às 19h (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos-SP
Árbitro: Rodrigo Jose Pereira de Lima (FIFA)
Auxiliares: Francisco Chaves Bezerra Junior e Victor Hugo Imazu dos Santos
VAR: Charly Wendy Straub Deretti (FIFA)
Gols:
Tadeu, contra (33 min 2ºT) e Willian Bigode (38 min 2ºT), para o Santos
Cartões amarelos:
Gonzalo Escobar, do Santos
Lucas Ribeiro, do Goiás
Cartões vermelhos: Lucas Ribeiro, do Goiás.
Público: 8.720
Renda: R$337.295,00

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Responsável por acompanhar o dia a dia de Corinthians e Santos pela Itatiaia Esporte. Passagem também como repórter do portal Meu Timão
Leia mais