Ouvindo...

Times

Matheus Pereira avalia decisões do Cruzeiro e lamenta goleada: ‘Não pode acontecer’

Cruzeiro saiu na frente, mas sofreu virada e foi goleado pelo Bahia neste domingo (23), pela Série A do Brasileiro

O Cruzeiro sofreu um duro golpe com a goleada por 4 a 1 aplicada pelo Bahia, neste domingo (23), pela 11ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Ao deixar o campo da Arena Fonte Nova, em Salvador, o meia Matheus Pereira lamentou a derrota celeste. Para ele, o time pecou em alguns aspectos, principalmente na tomada de decisão.

“A derrota é sempre complicada. Tivemos, no primeiro tempo, um pouco de dificuldade no encaixe do Bahia. Mas o Bahia é um time que está muito bem treinado, de muita qualidade. Não matamos o jogo. Poderíamos ter feito dois, três. Agora, temos que refletir. Uma derrota pesada dessa não pode acontecer. É levantar a cabeça”, avaliou o meia.

Leia também

No primeiro tempo, o Cruzeiro empilhou chances desperdiçadas. Em certos momentos, Matheus Pereira tentou a finalização enquanto poderia tentar buscar um passe. O mesmo aconteceu com outros companheiros, como os atacantes Robert e Gabriel Veron, que perderam oportunidades de balançar as redes.

“São decisões. Decidi chutar, mas talvez o passe seria a melhor opção. No momento em que eu passei, ele decidiu chutar. Está tudo certo. Infelizmente, hoje não foi nosso dia. Acho que a gente tem que fazer uma reflexão muito grande. Levantar a cabeça, trabalhar, para poder buscar um resultado positivo no próximo jogo”, avaliou Pereira.

Derrotado neste domingo (23), o Cruzeiro volta a campo na próxima quarta-feira (26), às 19h (de Brasília), para enfrentar o Athletico-PR, em jogo válido pela 12ª rodada do Brasileiro. O duelo será realizado no Mineirão, em Belo Horizonte. O Bahia também jogará na quarta (26), mas às 21h30 (de Brasília), contra o Vasco, na Fonte Nova.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista pela PUC Minas, Pedro Leite é repórter de esportes da Itatiaia. Tem experiência na cobertura diária de portais, redes sociais e jornal impresso. Apaixonado por futebol, já passou pelo Superesportes.
Leia mais