Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Suspenso por indisciplina no Botafogo, Romero se casou recentemente e será pai

Meia paraguaio foi afastado do jogo contra o Universitario, pela Libertadores, após ato de indisciplina junto com Diego Hernández

Após suspensão por atos de indisciplina, o meio-campista Óscar Romero, do Botafogo, tem a sua preocupação voltada para o âmbito familiar. Segundo informações do GE, o jogador que, junto ao colega de equipe, Diego Hernández, teria levado mulheres para um quarto de hotel em período de concentração, se casou recentemente e será pai em breve.

O clube carioca optou pelo afastamento dos dois jogadores após membros da comissão técnica descobrirem que ambos receberam visitas no quarto de hotel que dividiram em Fortaleza. A delegação viajou à capital cearense para enfrentar o Leão do Pici no último domingo (12), pelo Campeonato Brasileiro.

Após 14 anos de relacionamento, Óscar Romero se casou com Janina González em dezembro de 2023. A esposa do jogador está grávida de sete meses de uma menina. A previsão de nascimento da primeira filha do casal, que se chamará Aitana Nicole, é para julho.

Em pronunciamento, o paraguaio negou os fatos noticiados e demonstrou preocupação em como o caso poderia afetar a sua esposa que está em reta final da gravidez. Anteriormente, Janina sofreu um aborto no meio do ano passado.

“Foi uma decisão do clube. Aconteceram coisas de convivência no hotel, na concentração. O clube tomou essa decisão. Também não é o que estão dizendo por aí, porque isso prejudica a minha família. Isso não é bom. Aconteceram coisas com meu companheiro, com Diego, que não deveriam acontecer. Eles tomaram a decisão, para mim um pouco apressada, mas temos que acatar e estar prontos para estar à disposição”, disse o meio-campista à rádio Monumental AM.

Relembre o caso

O Botafogo afastou Diego Hernández e Óscar Romero por ato de indisciplina após a partida contra o Fortaleza, neste domingo (12), no Ceará. Os dois atletas, que atuaram no empate em 1 a 1 pelo Brasileirão, foram retirados da delegação que embarca para Lima, no Peru, onde o Alvinegro enfrentará o Universitario pela Libertadores.

“O Botafogo informa que, por razões disciplinares, os atletas Romero e Diego Hernández não vão seguir com a delegação de Fortaleza para Lima, onde o Botafogo enfrenta o Universitario, na quinta (16), pela Conmebol Libertadores. Ambos retornam ao Rio e irão realizar atividades em separado nos próximos dias no CT Lonier”, informou o clube.

Posteriormente, o portal GE publicou que os dois levaram mulheres ao hotel no qual o grupo estava concentrado na capital cearense, descumprindo as normas estabelecidas.

Retorno dos atletas

Sem Diego Hernández e Óscar Romero, o Botafogo já está em Lima e em preparação para o jogo decisivo pelo Grupo D da Libertadores. A bola rola às 19h (de Brasília) de quinta no Monumental.

A tendência é de que os dois meias sejam reintegrados ao elenco após essa partida, ficando à disposição de Artur Jorge para o duelo com o Corinthians, no domingo (19), pelo Brasileirão.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Ana Luiza Pereira é jornalista em formação pela PUC Minas. Com passagens por TV Horizonte, Rádio Inconfidência e Rede Minas, dedica-se à cobertura esportiva e integra o time do Itatiaia Esporte.
Leia mais