Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Entenda por que o Botafogo celebrou decidir a Copa do Brasil fora de casa

Sorteio da CBF define o confronto entre Botafogo e Vitória na terceira fase da Copa do Brasil, com a segunda partida em Salvador

Em torneios mata-mata, é de praxe que os clubes celebrem fazer a segunda partida em casa. Não foi o caso do Botafogo, nesta quarta (17), no sorteio da terceira fase da Copa do Brasil. O Alvinegro enfrentará o Vitória e o primeiro jogo será no Nilton Santos, o que foi destacado positivamente pela sequência sem viagens que a equipe terá.

Desta quinta (18), quando enfrentará o Atlético-GO, até 8 de maio, serão sete partidas consecutivas no Rio de Janeiro. Alessandro Brito, Head Scout do Botafogo, reforçou a importância do período para Artur Jorge, técnico do clube há cerca de 10 dias, trabalhar com o grupo.

“O confronto não tem o que dizer. É um adversário difícil, atual campeão baiano. É um confronto difícil. Vamos ter uma sequência de jogos em casa. Isso é um fato positivo. Vamos poder treinar. É algo que o Artur tem batido nessa tecla. Para nós é positivo (o primeiro jogo ser em casa)”, afirmou Alessandro Brito.

“A expectativa da Copa do Brasil, não só nossa, mas dos atletas, comissão e do clube, é pelo impacto financeiro que pode nos ajudar na sequência da temporada”, disse o dirigente.

De acordo com o calendário da CBF, os jogos da terceira fase devem ocorrer nos dias 1º e 22 de maio.

Por meio de sorteio, ficou definido que o Botafogo mandará o primeiro jogo, enquanto o Vitória decidirá a vaga em casa.

Leia também

Os próximos sete jogos do Botafogo no Rio de Janeiro:

  • 18/4 - Botafogo x Atlético-GO, no Nilton Santos (Brasileirão)
  • 21/4 - Botafogo x Juventude, no Nilton Santos (Brasileirão)
  • 24/4 - Botafogo x Universitario-PER, no Nilton Santos (Libertadores)
  • 28/4 - Flamengo x Botafogo, no Maracanã (Brasileirão)
  • 1/5 - Botafogo x Vitória, no Nilton Santos (Copa do Brasil)*
  • 5/5 - Botafogo x Bahia, no Nilton Santos (Brasileirão)
  • 8/5 - Botafogo x LDU-EQU, no Nilton Santos (Libertadores)

Artur Jorge assumiu o comando do Botafogo em momento decisivo da temporada, estreando com derrota para LDU, em Quito, na segunda rodada do Grupo D da Libertadores.

Na sequência, o Alvinegro perdeu por 3 a 2 para o Cruzeiro, no Mineirão, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Uma série de desafios já esperado pelo novo treinador.

“O Artur, quando contratamos, já sabia desse desafio que teria pela frente. Do início de campeonato, dos jogos da altitude. Já sabia do desafio. Realmente, só é colocado em prática em campo. Ele viu a dificuldade que é atuar na altitude, no Mineirão, então está se adaptando diariamente. Conversamos muito com ele para dar esse suporte necessário nesse início”, avaliou Brito.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais