Ouvindo...

Times

Em boa fase, Ademir dá ‘receita’ para o Bahia seguir no topo da Série A

Autor de golaço contra o Atlético, atacante concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (5)

Autor de um golaço contra o Atlético, o atacante Ademir deu a “receita” para o Bahia seguir no topo da Série A do Campeonato Brasileiro. Após o empate em 1 a 1 com o Galo, no último domingo (2), o Esquadrão chegou a 14 pontos e permaneceu na vice-liderança da competição, estando atrás apenas do Flamengo.

De acordo com o atleta, o elenco precisa ter cuidado para não cair em possíveis “armadilhas” pelo caminho. Foram sete jogos disputados até então. Restam 31.

“Pezinho no chão, sem empolgar. O campeonato é muito longo. Nesses momentos bons que vivemos na vida, aparecem muitas armadilhas. Temos que tomar cuidado com isso. É manter os pés no chão que vai dar tudo certo”, afirmou, em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (5).

Depois de lutar contra o rebaixamento à Série B em 2023 e só se salvar na última rodada, o Bahia tem o objetivo de conquistar vaga em alguma competição internacional via Brasileirão em 2024.

De acordo com dados da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), neste momento, o Esquadrão de Aço é o principal favorito ao título, com 11,8% de chances de levantar a taça. Além disso, aparece com 54,7% de chances de ir para a Libertadores, e com 31,3% de ir à Sul-Americana. Para o rebaixamento, são míseros 3,3%.

Na visão de Ademir, a mudança de rumo em relação ao ano passado se deve especialmente a dois fatores: chegada de grandes reforços, como Everton Ribeiro, Jean Lucas e Caio Alexandre, e a longa pré-temporada comandada pelo técnico Rogério Ceni no início de 2024, na Inglaterra.

“Chegaram grandes jogadores esse ano. O trabalho que foi feito com o professor Rogério na pré-temporada [também] tem sido determinante no crescimento, no entrosamento. Estamos conseguindo resultados”, destacou.

Golaço contra o Atlético

Criticado pela torcida tricolor em 2023, o atacante também repercutiu, mais uma fez, o golaço que fez contra o Atlético. Minutos depois de entrar em campo, o camisa 7 recebeu passe de Estupiñan pela direita, ajeitou para a pena esquerda e chutou colocado no ângulo de Everson, sem chances para o goleiro alvinegro. Foi o quarto gol de Ademir em 28 jogos na temporada.

“Desde o ano passado, busco aumentar as participações em gols, ter uma tomada de decisão melhor. Esse tempo que passei no clube serviu de aprendizado. O processo é mais demorado em alguns casos. O que passei no ano passado me deu mais experiência, paciência e me fez querer mais atingir o alto nível”, avaliou.

Ele revelou, ainda, que o chute foi, de certa forma, premeditado. “Foi um pouco de inspiração. Antes do jogo, eu tinha arriscado um chute desse do treino e o Marcos Felipe foi muito feliz na defesa. Pensei que se tivesse oportunidade no jogo, ia arriscar. Deu certo. Que continue dando”, contou.

Bahia x Fortaleza

O Bahia volta a campo no dia 13 de junho, quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), para enfrentar o Fortaleza. O jogo, válido pela oitava rodada da Série A, será disputado na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Como o técnico Rogério Ceni não pode contar com Thaciano, suspenso, Ademir é um dos favoritos para assumir uma vaga no time titular. Contudo, o jogador prefere ser cauteloso em relação a isso.

“Titular a gente quer ser sempre, mas quem vai escolher é o professor. Ele vai estudar o time do Fortaleza, vai ver quem se encaixa melhor nas características de jogo. Independente disso, estou pronto para ajudar, entrando 10, 15, 20 minutos, o que for”, garantiu.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais