Ouvindo...

Times

Bernard explica por que não usou ‘número de Ronaldinho’ no Atlético

O meia-atacante de 31 anos usará a camisa 20 nesta segunda passagem pelo Galo

Contratado pelo Atlético em janeiro, quando ainda tinha contrato com o Panathinaikos, da Grécia, o meia-atacante Bernard foi apresentado oficialmente neste domingo (23), antes de a bola rolar para o duelo com o Fortaleza, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com vínculo até o fim de 2027, o camisa 20 falou pela primeira vez com a imprensa e, de cara, explicou a escolha pelo número. Na sequência respondeu se cogitou vestir a 49, utilizada por Ronaldinho Gaúcho quando desembarcou em Minas Gerais para defender o Alvinegro.

"É um número que utilizei em outros clubes e também na Seleção. Não cheguei a pensar em usar o número 49, porque é um número que tenho um completo respeito. Foi usado pelo Ronaldinho, que é meu ídolo. Pude viver e ver pessoalmente a pessoa e o jogador que ele era. Por isso não passou pela minha cabeça”, destacou o meia-atacante.

Leia também

Apresentado por Victor Bagy, diretor-executivo, Bernard recebeu muitos elogios do ex-companheiro de campo. Eles atuaram juntos na primeira passagem do “Bambino de Ouro” pelo Galo.

“Todo atleticano, assim como eu, estava ansioso por este momento. Alguns meses vivendo esta ansiedade e este grande dia finalmente chegou. É motivo de muito orgulho para mim, neste novo momento da minha carreira, apresentá-lo e repatriá-lo. E um orgulho também de ter jogado, conquistado títulos com ele, disputado juntos uma Copa do Mundo e, após 11 anos, retornando para casa. Espero que se este retorno seja marcado por grandes conquistas”, disse o ex-goleiro e hoje dirigente.

Reestreia

A reestreia de Bernard pelo Atlético só poderá acontecer após 10 de julho. Esta é a data de reabertura da janela de transferências no futebol brasileiro.

Bernard no Atlético

Pelo clube que foi revelado, Bernard fez 100 jogos, marcou 12 gols e conquistou três títulos: Copa Libertadores (2013) e Campeonato Mineiro (2012 e 2013). Profissionalmente, o meia-atacante atuou pelo Galo entre 2011 e 2013, após breve empréstimo ao Democrata, de Sete Lagoas, em 2010.

O meia-atacante deixou o Alvinegro em agosto de 2013, ao ser negociado para o Shakhtar. Enquanto defendia o Atlético, Bernard atuou pela Seleção Brasileira, em 2012 e 2013, quando venceu a Copa das Confederações.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Henrique André é repórter multimídia e setorista do Atlético na Itatiaia. Acumula passagens por Uol Esporte, Jornal Hoje em Dia e outros veículos. Participou da cobertura de grandes eventos, como Copas do Mundo (2014-18) e Olimpíada (2016-2021).
Leia mais