Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Empresário se reúne com Atlético e apresenta condições para contratação de Bernard

Jogador de 30 anos está no futebol grego e quer retornar ao Brasil em 2024

Bernard, meia do Panathinaikos-GRE, decidiu nesta quarta para os gregos

Bernard, meia do Panathinaikos-GRE, pode ser reforço do Atlético em 2024

Reprodução/Twitter Panathinaikos F.C.

O possível retorno do meia-atacante Bernard ao Atlético começou a ser discutido nessa segunda-feira (15). Em reunião com o empresário Adriano Luis Spadotto, a cúpula do Alvinegro ficou ciente das condições pedidas pelo jogador de 31 anos para ser repatriado pelo clube que o revelou.

Bernard defende atualmente o Panathinaikos, da Grécia.

A informação do encontro foi noticiada inicialmente pelo Goal e confirmada pela Itatiaia. Ainda conforme apurou a reportagem, a “pedida” de Bernard está nas mãos do diretor-executivo Rodrigo Caetano, que a levará aos 4 Rs (Ricardo Guimarães, Rubens Menin, Rafael Menin e Renato Salvador). Donos de SAF e investidores do clube, eles analisarão os desejos do atleta para, posteriormente, decidir se a investida será válida.

O contrato de Bernard com o clube grego se encerra em junho. Como o meia-atacante já pode assinar pré-contrato com outro clube, ele dá prioridade ao Galo, mas também desperta interesse do Palmeiras.

Atuando mais como meia, o “Bambino de Ouro” não tem mais as mesmas características de 10 anos atrás, quando foi vendido pelo Atlético ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Velocista e jogando pelas pontas, ele foi campeão da Copa Libertadores pelo clube que o revelou.

Nestas condições, Bernard poderia ser repatriado como peça para substituir Pedrinho, que retorna justamente ao clube ucraniano após o meio do ano, quando se encerra o vínculo de empréstimo com o Alvinegro.

Adequação salarial

Para desembarcar em Confins como reforço do Atlético, Bernard terá que aceitar reduzir o salário recebido no Velho Continente. Sobre a primeira pedida feita por Spadotto, agente do jogador, o clube mantém sigilo e não revela os valores.

Leia Também

Alegria nas pernas

Revelado pelo Atlético, Bernard começou a ter destaque com a camisa alvinegra principalmente em 2012, na campanha do vice-campeonato do Campeonato Brasileiro daquele ano. Na temporada seguinte, ele foi um dos destaques na conquista do título inédito da Copa Libertadores, inclusive com gol importante na semifinal.

No Galo, Bernard se destacou atuando principalmente pelo lado esquerdo do campo. Na metade de 2013, ele foi vendido ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, por 25 milhões de euros, a maior venda da história do clube.

As boas atuações levaram o atacante para a Copa do Mundo de 2014, sob o comando de Felipão. O atual treinador do Atlético cunhou a famosa frase “alegria nas pernas” ao falar sobre o atleta.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Henrique André é repórter multimídia e setorista do Atlético na Itatiaia. Acumula passagens por Uol Esporte, Jornal Hoje em Dia e outros veículos. Participou da cobertura de grandes eventos, como Copas do Mundo (2014-18) e Olimpíada (2016-2021).
Leia mais