Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Coudet não vai à festa do título do Atlético e faz aumentar rumores sobre saída

Futuro do treinador deve ser definido já nesta segunda-feira (10). O não comparecimento à festa sugere que o adeus do argentino ao Galo está próximo

O técnico Eduardo Coudet não compareceu à festa de confraternização do Atlético pelo título do Campeonato Mineiro, conquistado nesse domingo (9), no Mineirão, com a vitória por 2 a 0 sobre o América.

Depois de erguerem a taça no Gigante da Pampulha, jogadores, integrantes da comissão técnica de Coudet, funcionários do clube e dirigentes se reuniram em uma churrascaria de Belo Horizonte para celebrar o feito com suas famílias. O técnico foi a grande ausência no encontro.

O futuro de Coudet deve ser definido já nesta segunda-feira (10). O não comparecimento à festa sugere que o adeus do argentino ao Galo está próximo.

Como informou a coluna de João Vitor Xavier, a diretoria do Atlético trabalhará por uma saída pacífica do treinador, que causou mal-estar com sua polêmica entrevista na quinta-feira (6) após a derrota por 1 a 0 para o Libertad-PAR pela Copa Libertadores. Na ocasião, Chacho fez críticas públicas à direção e aos investidores do clube e chegou a ser indelicado com alguns atletas.

A missão de convencer o treinador a romper o contrato de forma amigável, sem o pagamento de multa, caberá ao diretor de futebol Rodrigo Caetano.

O comportamento de Eduardo Coudet na quinta-feira quebrou a relação de confiança do técnico com o presidente Sérgio Coelho e com os quatro investidores do Atlético: Rubens Menin, Rafael Menin, Ricardo Guimarães e Renato Salvador.

Heverton Guimarães é apresentador e comentarista na Itatiaia e escreve diariamente aqui
Leia mais