Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Lei ‘Vini Jr’ de combate ao racismo nos estádios é sancionada na Paraíba

A Lei 12.957/2023, inspirada a partir dos casos de racismo contra Vini Jr., foi proposta pela deputada Cida Ramos (PT), e prevê encerramento de jogos em casos de racismo

A Paraíba agora possui uma Lei, a 12.957/2023, proposta pela deputada Cida Ramos (PT), que trata especificamente do combate o racismo nos estádios paraibanos. Apontada como uma “política estadual”, a Lei foi batizada como Lei “Vini Jr”, em homenagem ao atacante do Real Madrid e da Seleção Brasileira, alvo recorrente de racismo na Espanha.

A iniciativa prevê, inclusive, a paralisação ou mesmo o encerramento de partidas de futebol caso seja registrado ou denunciado algum ato racista, no estádio ou arena. As informações sobre a Lei foram publicadas na edição desta terça-feira (12) do Diário Oficial do Estado.

A Lei, tratada oficial como Política Estadual “Vini Jr”, busca, especialmente, transformar os espaços esportivos em ambientes acolhedores para toda a comunidade esportiva. Em nota, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) justificou a referência a Vinícius Júnior, de 22 anos, nascido e criado na periferia de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, pelo atacante ter se tornado “símbolo de resistência e tem buscado reforçar a necessidade da criação de um protocolo de combate ao racismo em estádios e arenas esportivas”.

“A proposta busca enfrentar o racismo nos estádios e nas arenas esportivas, através de medidas concretas de antirracismo, como a criação do ‘Protocolo de Combate ao Racismo’ que visa à possibilidade das autoridades esportivas de eventos realizados no Estado da Paraíba terem a obrigatoriedade de seguir um rito que propiciará a não anuência do poder público com práticas racistas”, afirmou Cida Ramos, em entrevista aos canais oficiais da ALPB.

A lei 12.957/2023 destaca-se também pela realização de campanhas educativas de combate ao racismo nos períodos de intervalo ou que antecedem os eventos esportivos ou culturais, além da divulgação de políticas públicas voltadas para o atendimento às vítimas.

Jornalista, natural do Recife, é atualmente correspondente do portal Itatiaia Esporte na região Nordeste. Com mais de uma década de experiência no jornalismo esportivo, tem passagens pela Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco, Superesportes e NE45. Em Portugal, trabalhou por O Jogo e Sport Magazine.
Leia mais