Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Jogador de Copa do Mundo é condenado após se envolver em briga na Bélgica

Marroquino Ilias Chair, que esteve na última Copa, foi condenado a um ano de prisão; caso ainda cabe recurso

O meia-atacante marroquino Ilias Chair que esteve na última Copa do Mundo, no Catar, foi condenado a um ano de prisão, nesta sexta-feira (22), por quebrar o crânio de um homem com uma pedra, após se envolver em uma briga na Bélgica, em 2020 - o caso ainda cabe recurso.

Além da condenação, Chair terá que pagar uma multa de 15 mil euros (cerca de R$ 80 mil na cotação atual). Outros dois homens, que também se envolveram na confusão, também foram condenados a seis meses e um ano de prisão.

O caso ainda cabe recurso, e o jogador irá recorrer. Em comunicado, o QPR, da Segunda Divisão Inglesa, clube o qual o atleta defende, afirmou que não irá se posicionar por enquanto. Chair segue à disposição da Justiça, até que o processo chegue ao fim.

“O clube está em contato regular com a equipe jurídica de Ilias Chair em relação a uma acusação de agressão que foi feita contra ele. O processo judicial ainda não chegou ao fim. Como tal, o clube não fará mais comentários nesta fase”, diz trecho da nota divulgada pelo clube inglês.

Meio-campista do QPR desde a temporada 2019/20, Chair esteve na campanha histórica do Marrocos, semifinalista da última Copa do Mundo. Naquela competição, o jogador participou de uma partida: a derrota por 2 a 1 diante da Croácia, na disputa pelo terceiro lugar.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista pela PUC Minas, Filipe Sodré é repórter multimídia no portal Itatiaia Esporte. Antes, passou por LANCE! e Esporte News Mundo. Tem experiência na cobertura esportiva diária, além de vídeos e podcasts.
Leia mais