Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Promotoria da Holanda pede prisão de ex-atacante da seleção por tráfico de drogas

Jogador de 32 anos defende atualmente o Spartak Moscou, da Rússia; ele iniciou a carreira em 2012

Quincy Promes em ação pela Seleção Holandesa

Quincy Promes em ação pela Seleção Holandesa

Reprodução/Twitter OnsOranje

A Promotoria da Holanda pediu, nessa quarta-feira (24), a prisão do atacante Quincy Promes, do Spartak Moscou, da Rússia, por tráfico de drogas. O jogador atuou pela seleção nacional entre 2014 e 2021.

A pena de Promes é de nove anos. A Promotoria da Holanda aponta um envolvimento do atacante com tráfico de 1.362 quilos de entorpecentes.

Promes não participou da audiência dessa quarta que definiu a pena. O advogado do jogador esteve presente e disse que ele tinha “outras obrigações”.

O Departamento de Justiça da Holanda afirma que o jogador foi um fator direto na importação de dois carregamentos de cocaína no ano de 2020. Há um temor quanto a uma prisão do jogador em caso de retorno à Holanda.

Promes atua como profissional desde 2012. Ao longo da carreira, além da Seleção Holandesa, ele defendeu Twente-HOL, Go Ahead Eagles-HOL, Spartak Moscou-RUS, Sevilla-ESP e Ajax-HOL. O jogador tem vínculo com o clube russo até junho de 2024.

Leia Também

Participe do canal da Itatiaia no WhatsApp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Matheus Muratori é jornalista multimídia com experiência em muitas editorias, mas ama a área esportiva. Faz cobertura de futebol, basquete, vôlei, esportes americanos, olímpicos e e-sports. Tem experiência em jornal impresso, portais de notícias, blogs, redes sociais, vídeos e podcasts.
Leia mais