Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Acusado de estupro, Daniel Alves é convocado a comparecer ao Tribunal de Barcelona

Ex-lateral da Seleção Brasileira pode receber a sentença na quinta-feira (22)

O ex-jogador da Seleção Brasileira, Daniel Alves, foi convocado a comparecer ao Tribunal Superior de Barcelona, na Espanha, na quinta-feira (22). Além do lateral e de sua advogada, também foram chamadas a promotora e a advogada da mulher que denuncia a agressão sexual.

De acordo com o jornal espanhol La Vanguardia, existe a possibilidade da sentença já ter sido tomada pela juíza Isabel Delgado, responsável pelo caso. Há duas semanas, Daniel Alves foi julgado durante três dias. Vale ressaltar que o astro do futebol mundial foi preso em 20 de janeiro do ano passado, acusado de estuprar uma jovem em uma boate de Barcelona.

No depoimento de defesa, o brasileiro chorou e disse que a relação com a mulher foi consensual. O ex-jogador afirmou que ingeriu bebida alcoólica, mas que não forçou a denunciante a entrar no banheiro onde teria sido violentada.

O Ministério Público da Espanha pede nove anos de prisão para Daniel Alves. No entanto, se condenado, a tendência é que o brasileiro fique preso por, no máximo seis anos. No início do processo, a defesa do ex-jogador efetuou um pagamento de 150 mil euros (à época, cerca de R$ 800 mil) à vítima.

As representantes da mulher que denuncia Daniel Alves contestam a redução da eventual pena ao jogador.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Leonardo Garcia Gimenez é repórter multimídia na Itatiaia. Natural de Arcos-MG e criado em Iguatama-MG. Passou também pela Record Minas.
Leia mais