Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Uniforme de clube brasileiro se torna 'ícone fashion’ na Ásia

Camisa do Guarani virou febre no mercado asiático, após estrelas do K-Pop posarem com as cores do clube

Camisa do Guarani vira 'ícone fashion' na Ásia

Camisa do Guarani vira 'ícone fashion’ na Ásia

Reprodução

Mesmo fora da elite do futebol brasileiro desde 2011, o Guarani virou motivo de destaque nas últimas semanas. Modelos da camisa do clube viraram "ícones fashion”, após estrelas do K-Pop aparecerem vestidas com as cores do Bugre.

A febre começou no segundo semestre de 2023, quando Hanabashi Rio, integrante japonesa da girl band NiziU, posou com o uniforme utilizado pelo Guarani em uma excursão no Japão, em 1996.

Na sequência, Gaeul, do grupo IVE, apareceu com uma escolha ousada. O modelo escolhido pela rapper sul-coreana tinha o rosa como cor predominante e detalhes em prata.

Também sul-coreana, a cantora Iu levou as cores do Guarani para Milão. Na ocasião, a artista utilizava um casaco de lã azul, com o tradicional escudo do Bugre.

Guarani vira febre no mercado

Com a influência das estrelas do gênero sul-coreano, os fãs passaram a procurar por materiais do Guarani, que passaram a ser replicados em diversos modelos não oficiais, até mesmo nas cores preta e branca (utilizada pela rival Ponte Preta).

Por não se tratarem de materiais licenciados, o clube não tem qualquer tipo de lucro com as vendas. No entanto, Adriano Hintze, do Conselho de Administração e responsável pelo departamento de marketing do Guarani, vê uma oportunidade.

Camisa do Guarani ganha cores do rival

Camisa do Guarani ganha cores do rival

Divulgação

“Esse elo surpreendente com o K-Pop abriu novas portas ao Guarani. Agora, teremos a oportunidade de explorar uma vertente única no mercado, oferecendo algo especial aos fãs desse estilo musical”, contou ao UOL.

“Nossa equipe de marketing já está empenhada na criação de uma linha exclusiva de produtos que preserve a essência do clube, com toques da cultura asiática. Nosso propósito vai além das camisetas” revelou.

“Buscamos construir uma conexão direta com esse público, mostrando que o clube está acessível a todos, abraçando não apenas o futebol, mas também as diversas culturas globais”, concluiu.

Leia Também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista em formação na UFMG. Apaixonado por futebol e esportes em geral.
Leia mais