Ouvindo...

Times

Time é declarado campeão após polêmica por canto de torcida rival contra presidente

Caso ocorreu em Belgrado, capital da Sérvia, nas finais da Liga Sérvia Masculina de basquete

O Estrela Vermelha foi declarado, nesta quinta-feira (6), campeão da Liga Sérvia de Basquete após uma polêmica. O jogo 2 das finais, que ocorria nessa quarta-feira (5) na casa do arquirrival Partizan, foi interrompido no terceiro quarto depois de cantos da torcida contra o presidente do Estrela, o político e empresário Nebojsa Covic.

Os cânticos também envolviam a família de Covic. A arbitragem parou o jogo, o que não impediu a atitude da torcida do Partizan. Além disso, alguns objetos começaram a ser arremessados na quadra do ginásio da Arena Belgrado.

Jogadores do Partizan também falaram no microfone para a torcida cessar os gritos, mas novamente sem sucesso. Em determinado momento, árbitros e jogadores do Estrela deixaram a quadra.

Horas depois, com o ginásio já vazio e sem os torcedores do Partizan, jogadores do Estrela e também a equipe de arbitragem retornaram à quadra. O time da casa não retornou, e o jogo acabou como WO para os visitantes.

“Na quinta-feira, às 14h, o nosso clube recebeu a decisão oficial da Liga de Basquete da Sérvia de que o segundo jogo da final, que não foi concluído na noite de quarta-feira na Arena Belgrado, foi registrado de acordo com as propostas da competição com placar oficial de 20 a 0 para o Estrela Vermelha”, iniciou o clube.

“O título também é o nono. Com isso, o Estrela Vermelha se sagrou campeão do nosso país consecutivamente e encerrou uma excelente temporada com a terceira taça!”, acrescentou.

O Partizan foi contrário e disparou, em comunicado: “O Estrela Vermelha, os juízes e o delegado pretendem atribuir desta forma o título de campeão nacional ao Estrela Vermelha. O Partizan não vai participar de tal escândalo”.

Com o resultado, a Liga Sérvia anunciou nesta quinta a decisão pelo título do Estrela. O Estrela venceu o jogo 1 das finais, decididas em melhor de três, por 89 a 88 na última segunda-feira (3), mas com a Arena Belgrado tomada pelos torcedores alvirrubros.

A partida 1, inclusive, contou com a lesão do armador brasileiro Yago Mateus, do Estrela Vermelha, que sofreu estiramento grau 2-3 na panturrilha esquerda.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Matheus Muratori é jornalista multimídia com experiência em muitas editorias, mas ama a área esportiva. Faz cobertura de futebol, basquete, vôlei, esportes americanos, olímpicos e e-sports. Tem experiência em jornal impresso, portais de notícias, blogs, redes sociais, vídeos e podcasts.
Leia mais