Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Cantor de 17 anos morre vítima de parada cardiorrespiratória em Alagoas

Artista morava em Palmeira dos Índios, no Alagoas; prefeitura da cidade confirmou o óbito

Rodriguinho em pé, com camisa branca de gola listrada

Cantor, de 17 anos, teve uma parada cardiorrespiratória

Reprodução/ Instagram

O cantor Rodriguinho Feitosa morreu na sexta-feira (19), aos 17 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória. A informação foi confirmada pela Prefeitura de Palmeira dos Índios, no Alagoas, cidade natal do artista.

Rodriguinho estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Santa Rita, com hemorragia digestiva. Ele precisou ser transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Maceió, mas teve uma parada cardiorrespiratória e morreu.

Leia Também

A prefeitura declarou luto oficial de três dias. “A morte de Rodriguinho provocou forte comoção na cidade, pois ele irradiava alegria e era querido por todos. À família e amigos enlutados, prestamos os nossos sinceros sentimentos e o conforto que só Deus poder oferecer neste momento de intensa dor”, escreveu a prefeitura, em nota.

O artista era uma pessoa com deficiência e havia entrado no mundo da música recentemente. Ele se apresentou em afiliadas da TV Globo e já cantou com grandes nomes como Mano Walter, Tarcísio do Acordeon, João Gomes e Nathanzinho.

O corpo dele foi enterrado em Palmeira dos Índios, na tarde deste sábado (20), segundo o portal Splash, do UOL.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista formada pela PUC Minas. Mineira, apaixonada por esportes, música e entretenimento. Antes da Itatiaia, passou pelo portal R7, da Record.
Leia mais